Sucesso a longo prazo no Poker Online com estratégias vencedoras – inscreve-te já grátis!

As melhores estratégias Com a estratégia correta, o poker torna-se numa brincadeira. Os nossos autores mostram passo a passo como funciona.

As cabeças mais espertas Aprende em conjunto com os mais bem sucedidos jogadores de poker nos treinos ao vivo e no fórum.

Dinheiro de Poker Grátis A PokerStrategy.com é completamente gratuita. Para além disso espera-te dinheiro de poker grátis.

Já és membro da PokerStrategy.com? Faz o login aqui

EstratégiaSpecials

FL: HU - reagir a donk bets e estranhas sequências de apostas

» PERGUNTEM AOS ESPECIALISTAS

 

Olá caros jogadores da PokerStrategy,
em vez de responder a uma questão muito detalhadamente, hoje quero abordar duas questões. Caso contrário muitas questões vão ficar por responder e também espero ajudar com explicações mais curtas.


Perguntas de cetchmoh

Fixed Limit

HU reagir a donk bets e estranhas sequências de apostas (3bet PF, check behind flop,raise, turn p.e.)

 

Resposta por OnkelHotte

Quero deixar aqui algumas dicas para jogarem contra estranhas sequências de apostas. Existem muios casos destes, mas quero destacar um "estranho check no flop apesar de ter a iniciativa".

Não é possível utilizar cálculos matemáticos nestes casos, porque este tipo de comportamentos especiais não pode ser catalogado em números. Por isso, quero pegar em 3 exemplos, que na minha opinião são fáceis de perceber, e que normalmente refletem aquilo que eu penso.

OnkelHotte
Dr. rer. nat. Tobias Georgi, também conhecido como Onkel Hotte, coordena todo o trabalho na secção de educação da PokerStrategy. Ele é bem conhecido na comunidade como sendo um jogador dedicado e apaixonado pelo jogo, bem como um jogador de sucesso de Fixed-Limit. É também conhecido pelos seus seminários educacionais da PokerStrategy.
1) Um check de um estranho LAG é normalmente uma armadilha:

Preflop: Hero is Button with 8, 6
3 folds, CO (loose strange) raises, 2 folds, Hero calls

Flop: (4,5 SB) Q, 2 6, 2 Players
Hero checks, CO checks behind….

Acertam num bom flop. O check do CO diz-vos que ou ele acertou num set ou tem um overpair. Se apostarem no turn, muito provavelmente vão levar com um raise e não vão ser capazes de fazer um fold.

Se tivessem na mão 8 6 estariam perante uma situação difícil depois do seu raise no turn. Para além disso, uma free card não vos iria causar muito incómodo, porque o vosso flush draw torna alguns dos seus potenciais outs inúteis. Na generalidade devem estar sempre muito atentos a estes checks.

A vossa sequência de aposta no turn deveria ser:
Agradecer ao vosso adversário por vos oferecer uma free card e jogar check/call com mãos feitas e frotes draws (se as odds froam as correctas) e check/fold com mão fracas ou lixo.


2) Um check de um adversário passivo que demosntrou muita força no pré-flop.

Preflop: Hero is SB with 3, 3
4 folds, Hero raises, BB (34/13/1,2/41) 3-Bets, Hero calls

Flop: (6 SB) J, T 2, 2 Players
Hero checks, BB checks behind…

A partir da minha experiência, este check normalmente quer dizer que o vilão tem AK, AQ ou KQ nesta posição. Se jogadores passivos fizerem check-behind no flop, depois de terem demonstrado força no pré-flop, isto quer dizer que devem ter na mão um bom ás com o qual não querem investir mais dinheiro se não acertarem em nada. Por outro lado, estes adversários também não fazem fold da sua mão.

A minha sugestão aqui para o turn e river seria:
Agradecer ao vosso adversário suavemente por vos ter dito exactamente aquilo que tinha e jogar check/fold se um A, K, ou Q aparecerem no turn, e bet/fold se quaisquer outras cartas aparecerem na board.

Se, contra todas as expectativas, ele fizer raise no turn, ele normalemente tem um set com o qual fez slowplay. O mesmo se aplica para o river. Têm uma boa value bet contra AK e AQ para todas as cartas, excepto A, K, Q. Joguem da mesma forma que no turn.


3) Um check no flop numa guerra de blinds:

Vamos assumir que esta situação se passou no limite 5/10 ou mais elevado:

Preflop: Hero is BB with 4, 2
4 folds, SB (TAG) raises, Hero calls

Flop: (4 SB) 3, 6 7, 2 Players
SB checks…

Se estiverem a jogar num limite de 5/10 ou mais alto, a maioria dos jogadores presentes têm uma boa ideia da sua equity e não fazem folds muito facilmente numa guerra de blinds, porque sabem que um raiser de abertura não acerta muito na maioria das vezes. Se estiverem a jogar esta na mão na prespectiva da SB (vamos assumir que ele tem J, 2) o nosso adversário poderia estar a pensar o seguinte: "que mão faria fold neste flop imediatamente?"

Um par? Ridiculo!

Over cards? Também muito improvável. Over cards altas teriam feito 3bet antes do flop na maioria das vezes. Overcards baixas do tipo T9, T8, 98 têm um gutshot muito frequentemente.

Ace high? Se ele não fizer 3bet com ace high ele também não fará fold, porque ele facilmente tem mais de 40% de equity numa guerra de blinds.

Um gut shot? A mesma coisa! Numa guerra de blinds heads-up, os gutshots não fazem fold.

Conclusão: Independentemente daquilo que o vilão tenha, ele provavelmente não fará fold no flop imediatamente. Para que eu tivesse qualquer fold equity, teria que apostar no flop e apostar no turn. Será que quero realmente jogar este lixo de mão desta forma? Não. Eu desisto da mão.

Da minha experiência, nestas situações, um TAG na maioria das vezes desistiria da mão. Por isso sugiro o seguinte: Treinem para potenciais live-games e coloquem um olhar de surpreendidos mas céptico, e apostem no flop rapidamente independentemente daquilo que tenham. Uma excepção seria se tivessem na mão um monstro. Nesse caso poderiam pensar em fazer slowplay para dar oportunidade de o adversário acertar em algo no turn.

Estas são as 3 possibilidades, se o vosso adversário faz check no flop com iniciativa, ao qual podem responder facilmente se reconhecerem o que se passa. Poderia tornar-se muito complicado no exemplo 3 contra o TAG se um jogador da PokerStrategy estivesse a jogar contra outro e o nível de pensamentos ficasse muito detalhado. Contudo, têm de ser capazes de seguir os pensamentos básicos que vos levam a tomar a decisão acertada na maioria das vezes.



Perguntas de Jolly Roger

Defesa da BB contra um raiser isolado:

Exemplo:


O botão faz um raise de abertura, a BB tem K4o --> a BB faz call - muito óbvio, consultem os charts.

O que é que acontece se o MP3 faz limp, o botão ou a SB fazem um raise isolado e eu estou na BB? Especialmente contra a SB eu faço calls de mãos do tipo J5o. Mas se a SB faz um raise isolado, ele tem uma mão melhor do que se estivesse a fazer um raise de abertura.

Contudo, tenho pot odds de 5:1 em vez das normais 3:1 de um roubo normal. Tenho melhores pot odds e por isso preciso de menos equity.
[…]
O mesmo exemplo p.e. com A6o na BB. Se o MP3 fizer limp, o CO faz raise e o Botão cold call - será que devo fazer fold de A6o? É mencionado no chart de defesa, mas sou muitas das vezes dominado.


Resposta por OnkelHotte

este tópico é de facto muito complexo e ainda continuo a pesquisar melhor novas respostas. Não consigo explicar este tópico muito detalhadamente, porque demoraria muito tempo. Mas mesmo assim quero deixar algumas linhas de pensamento para jogarem nestas situações. As situações que quero discutir não são baseadas em fórmulas matemáticas (isso levaria demasiado tempo) mas com a minha experiência posso dizer que posso lidar com estas situações muito bem.


1) Defender a big blind com pequenos ases offsuited:

Se tiverem pot odds pré-flop de 7:1 ou maiores (nomeadamente um raiser e mais 2 adversários) devem fazer call na BB com qualquer ás. Vão ser dominados muitas vezes, mas vão também ganhar vezes suficientes para compensar se acertarem no ás.

Dependendo dos vossos adversários, um cold call não quer dizer necessariamente que ele tem um ás, porque as pessoas normalmente preferem fazer cold calls com 87s do que com A4o devido ao facto de serem dominados com aquela mão (é claro que não saberia isso se estivessem a jogar contra um fish). As pot odds são simplesmente tão grandes que podem esperar fazer dois pares, um trio ou até mesmo um straight.

Se estiverem a ter apenas 5:1, não devem fazer call de um ás qualquer. Depende da posição em que o raiser de abertura está situado.

Exemplos:
MP2 (TAG) raises, Button cold calls, Hero in the BB with A6o -> Fold
BU (TAG) raises, SB cold calls, Hero in the BB with A6o -> Call

Tracei uma linha entre o MP3 e o CO se eles tiverem um bom range de raise de abertura. Faço fold de pequenos ases offsuited contra um raise de abertura do MP3 ou mais cedo, mesmo com pot odds de 5:1. Faço call se alguém a partir das últimas posições fizer raise. Uma excepção seria se o CO fosse um jogador muito tight ou o MP3 fosse um muito loose.

Também jogo os pequenos ases offsuited muito tight contra um adversário e um raise a partir de MP3 se o raiser também for tight. Defenderei as minhas blinds mais tight do que nos é dito no chart de defesa das BB. Defendo apenas as minhas blinds com cartas a partir de A8o para a frente. Este tópico vai ser novamente abordado nos artigos de ouro que estão para chegar para Fixed Limit.


2) Defesa da BB contra um raise isolado:

Neste caso devem ficar mais tights, especialmente se alguém fizer raise a partir da SB. Por exemplo, MP3 faz limp, SB raises, e o herí está na BB com K4o...

Esta situação é um fold fácil. Especialmente depois do raise isolado da SB, têm que se tornar jogadores mais tights.
Considerando o facto de que a small blind poderia ter completado para pot odds de 5:1, mas que mesmo assim decidiu fazer raise. Se o raiser for um TAG razoável, sugiro que ajustem o vosso range de defesa das blinds, para que assim só façam call de mãos que pelo menos com as quais fariam call contra um raise de abertura a partir do CO.

Uma vez que vão estar a jogar 3-handed no flop, a jogabilidade da vossa mão é muito importante. A SB provavelmente tem mais valor de showdown do que um raiser de abertura a partir do CO, porque faria raise de mãos do tipo 98s a partir do CO, mas só completaria na SB com um limper, em contrário ao A6o.
Faria raise desta mão contra um limper a partir da SB mas faria fold primeiro no CO. Podem por isso defender especulativamente as mãos mais loose, devido às boas pot odds, mas não têm que se preocupar em serem dominados. O meu range de defesa seria algo deste género:

22-66 (77+ 3 bet) (Não têm que fazer 3-bet muito agressivamente, porque têm posição sobre o raiser)
A5o+, from AT 3 Bet
KTo+, Se a SB for muito tight pós-flop, também devem fazer re-raise de KJ.
Q9o+
J9o+
T8o+
98o
87o
76o
Muitas cartas suited, com excepção daquelas mesmo más - T4s-, 94s-, 83s-, 72s, 62s, 52s.

Este range é um pouco tight mas razoável para 1/2 até 5/10. Podem obviamente ser muito activos no pré-flop contra jogadores que são loose antes do flop.

É claro que este artigo não aborda todos os aspectos deste tópico, mas espero ter mostrado alguns aspectos fundamentais que vos possam ajudar nas futuras decisões que tenham de tomar.

Um abraço, Hotte
 

Não estás a ver o artigo na totalidade...

Com a inscrição gratuita na PokerStrategy.com, receberás dinheiro de poker grátis para jogar poker e deste modo poder aceder a centenas de artigos de estratégia tais como estes - e claro vídeos de poker, sessões de treino ao vivo e fóruns de estratégia. Inscreve-te já gratuitamente e começa a jogar para poderes beneficiar das nossa ofertas.

Inscreve-te agora