Sucesso a longo prazo no Poker Online com estratégias vencedoras – inscreve-te já grátis!

As melhores estratégias Com a estratégia correta, o poker torna-se numa brincadeira. Os nossos autores mostram passo a passo como funciona.

As cabeças mais espertas Aprende em conjunto com os mais bem sucedidos jogadores de poker nos treinos ao vivo e no fórum.

Dinheiro de Poker Grátis A PokerStrategy.com é completamente gratuita. Para além disso espera-te dinheiro de poker grátis.

Já és membro da PokerStrategy.com? Faz o login aqui

EstratégiaNo-Limit BSS

No Tilt - Parte 1

» COLUNA

No Tilt - Parte 1

por MiiWiin

Basicamente, toda a gente o conhece mas nega a sua existência: o Tilt é um grande problema para a maioria dos jogadores de poker e já arruinou muitas carreiras em limites elevados antes mesmo de conseguirem alcançar essa fase. Hoje, queremos analisar as possibilidades de impedir que este fenómeno ocorra através de uma forma prática.

Quero abordar este assunto em dois artigos. No primeiro artigo vamos falar acerca da origem, dos problemas e do modo de ação do tilt. Vão aprender como é que se devem preparar corretamente para uma sessão, como ganhar confiança antes e durante a sessão e o quanto é importante a seleção da mesa onde vão jogar e a quantidade de mesas em que jogam.

Vou falar na próxima semana sobre a "down-rule". Vamos avaliar formas preventivas de controlar a bankroll e outros aspetos que nos podem ajudar a prevenir a entrada em tilt.
ORIGEM

Porque é que entramos em tilt? As pessoas colocam a culpa na variância e também no facto de que não estão a ser pagos pelos adversários quando têm boas mãos, apesar de estarem a jogar bem. Existem muitos artigos acerca da variância, e sobre up e down swings. Por isso, não queremos falar mais acerca desses tópicos.

A razão pela qual entramos em tilt e quais as emoções que nos levam a esse estado já foram discutidos noutros artigos. Esta é a razão pela qual me quero concentrar nas coisas que podemos fazer para evitar o tilt.
PROBLEMAS

Porque é que o tilt é um dos maiores problemas dos jogadores de poker? Qual é o objetivo de saber que temos um bom jogo no pré-flop ou no pós-flop e saber fazer corretamente value bets, mas acabamos por perder muitas stacks em situações sem significado nenhum? Muitos jogadores já passaram pelo menos uma vez por esta situação. Analisam as suas sessões e pensam: "Que diabo é que eu fui fazer nesta jogada...?!"

Especialmente as stacks, que são perdidas desnecessariamente, pesam bastante na nossa consciência. A raiva por termos entrado em tilt cria tilts ainda maiores. Acabam por pensar que já não tem qualquer importância o que resta.
MODO DE OPERAR

Como é que conseguem reconhecer o tilt? Alguns jogadores tornam-se mais agressivos e outros mais passivos. Alguns podem até tornar-se em autênticos maníacos e fazer bluffs em muitas mãos. Outros podem virar calling stations e viciados do showdown. Obviamente que nenhuma destas situações é boa.

Qualquer desvio do nosso jogo pode reduzir o nosso rácio de vitórias. Vamos acabar em situações desconhecidas, que não vamos conseguir jogar proveitosamente. Para além disso, a nossa concentração vai sofrer, fazendo com que nos concentremos mais nas nossas cartas do que nos adversários. Começamos a jogar demais as nossas mãos.

O nosso objetivo deveria ser o de evitar estas situações sempre que possível!
PREPARAÇÃO

A preparação para uma sessão é absolutamente essencial. Costumo ler que alguns jogadores começam uma sessão quando estão desmotivados ou pensam que vão acabar por perder de qualquer das formas. Simplesmente ligam o Hand Converter e guardam todas as bad beats, e depois vão para os fóruns dizer que são uns coitadinhos e que não têm sorte nenhuma.

Se eu fosse iniciar uma sessão com esses sentimentos, acabaria também por ser quase de certeza uma sessão muito má para mim. Onde é que vão arranjar a coragem e a confiança que necessitam para o vosso jogo se estão basicamente à espera de perder para provara assim a vós próprios a pouca sorte que andam a ter?

Existe um perigo essencial quando se sentam e ficam à espera de perder a vossa stack, sabendo que essa não será a primeira nem a última. Se começarem a sessão com uma atitude assim tão negativa, já estão então a começar a sessão num certo estado de tilt.

O que é que podem fazer para combater isso? Muitos são aqueles que acham que a melhor opção é fazer um intervalo no jogo se as coisas não estiverem a correr bem, sendo por isso uma fácil decisão de tomar pelo jogador.

Se acharem que estão a jogar bem e que não estão afetados pelos resultados, então devem continuar a jogar. Os swings fazem parte do poker e têm que ser vividos por todos os jogadores de poker, sem exceção. Sentarem-se num canto da sala à espera que o downswing acabe também não é definitivamente recomendável.

Contudo, se existir um perigo de entrarem em tilt, especialmente se estiverem sentados nas mesas com mau humor, devem definitivamente fazer um intervalo. Perguntem a vós próprios antes de cada sessão se estão mesmo dispostos a jogar poker nessa altura, a estar concentrados e a jogar o vosso melhor! Se este não for o caso, devem pura e simplesmente não jogar e passar a vossa atenção para a teoria ou algo completamente diferente.
CONFIANÇA ANTES DO JOGO COMEÇAR

Se não estiverem satisfeitos com o vosso jogo ou descontentes com a forma como tomam decisões mais caras, devem então fazer algo para corrigir isso.

Antes de iniciarem uma sessão devem pensar bem no que vão fazer, concentrarem-se e determinar objetivos específicos. Se souber que tenho vindo a perder muitas stacks no passado por causa de overpairs, ou tenho um problema com o fraco jogo que apresento no turn, devo então concentrar a minha atenção para estes dois aspetos na sessão. Quanto mais concentrado estiver, menos espaço irá existir para entrar em tilt.

Tentem criar uma atmosfera que vos faça sentir confortáveis. Um bom local de "trabalho", uma bebida favorita ou alguma música de fundo agradável. É melhor ouvir música que vos faça sentir confortáveis do que música que vos torne agressivos.

Tentem tudo para iniciar a sessão da melhor forma e com o maior sentimento de confiança possível.

Para além disso, têm ainda a opção de avaliar mãos e ler artigos antes da sessão, para conseguir assim que o vosso cérebro comece logo a funcionar. Começariam então a sessão com algumas informações específicas sobre poker gravadas na vossa memória de curto prazo. Podem também aproveitar as skills que aprenderam de vídeos e artigos rapidamente.

Ler alguns conteúdos meia-hora antes do início da sessão é uma boa ideia. Além disso, depois de uma sessão vocês não teriam essa disponibilidade mental para estar a ler teoria. Combinem bem estas duas sugestões com a leitura de conteúdo para iniciarem a vossa próxima sessão mais concentrados e preparados.
SELEÇÃO DE MESAS

Tal como o problema do tilt, a seleção de mesas é um dos assuntos mais subestimados no poker. Porque é que tão poucas pessoas prestam atenção à seleção de mesas e porque é que é algo assim tão importante?

Primeiro tenho que conseguir perceber em quantas mesas é que sou capaz de jogar. Será que tenho alguns valores empíricos e que possa continuar a jogar o meu melhor jogo se estiver concentrado em muitas mesas? Conheço os meus limites? Tenho algumas comparações dos meus horários com as taxas de vitórias?

Vamos começar pela seleção de mesas. Muitas pessoas não prestam atenção a este assunto porque são muito preguiçosas. Eu abro o número de mesas que quero abrir, organizo-as e começo a jogar. Passado algum tempo vão poder reparar que algumas das mesas não são grande coisa. Uma pode ser muito agressiva, outra pode não ter nenhum fish e noutra podem não ter uma boa posição. Devem então começar a procurar por novas mesas. Têm que considerar o número de mãos que jogam por hora, a média do pot e se os adversários conhecidos são fishes ou regulares. Isto requer muito trabalho. Provavelmente não vou prestar muita atenção para as outras mesas enquanto estou a fazer isto. Será a outra mesa ainda melhor do que esta onde estou agora? Se fechar agora a mesa vou estar a perder mãos valiosas!

Assim que começarem a pensar nisto, também podem começar a pensar que o maníaco que tem posição sobre vós é um desafio em vez de um problema. Tento ganhar dinheiro nas outras mesas, enquanto que nesta tento testar as minhas skills. sou definitivamente capaz de enfrentar um destes adversários super agressivos. Este não era na realidade o meu objetivo, porque eu sabia porque é que deveria ter escolhido as mesas. Contudo, agora estou nesta situação e tenho que lidar com ela.

Apesar de saberem que o maníaco pode ser um bom jogador, tentam manter-se em jogo com 4-bets bastante looses. Ignoram por completo que podiam estar a evitar esta mesa. Não existem fishes na mesa e como tal nunca vão receber nada de graça. Têm que estar sempre a enfrentar decisões difíceis que são muito caras e que faz com que a vossa variância aumente. Também é óbvio que o nosso jog nesta mesa não será +EV. Assim que só existirem bons jogadores na mesa, vão provavelmente começar a jogar "break even" enquanto que o rake tomará conta do resto.

Estamos no caminho de entrar em tilt. Outras mesas são perfeitamente jogáveis, mas em vez de nos concentrarmos no nosso jogo e em situações lucrativas, vamos apenas prestar atenção à mesa difícil, a qual já deveríamos ter fechado à bastante tempo. Estamos a tentar fazer jogadas muito difíceis para não deixar que os outros nos façam bluffs e nos afastem da mão. Queremos provar a nós próprios que somos capazes de lidar com situações -EV e por isso deixamos de prestar atenção às outras mesas.

Basicamente a única coisa que estávamos a tentar evitar que acontecesse vai acontecer. Vamos perder uma stack. Também perdemos outra stack numa outra mesa contra um fish. estamos a ficar muito aborrecidos e jogamos muito mal um top pair. Perdemos a terceira stack. Estamos em Tilt. Arranjar concentração para jogar um poker de bom nível já não é possível. Estamos a ferver e jogar o nosso melhor jogo só é possível em pensamentos.

Será que alguém se identifica com esta situação?

Como é que poderíamos ter evitado esta fase? Percam um pouco de tempo a analisar as mesas para saber se elas são proveitosas ou não. Abandonem as mesas se pensarem que não; vão beneficiar imenso com esta medida.

Ligado a isto está o número de mesas. Isto é algo muito específico para cada jogador. Existem muitos jogadores capazes de jogar em várias mesas ao mesmo tempo, enquanto que outros podem não ter esta habilidade. Vão perceber se estão a jogar em demasiadas mesas se as vossas ações se tornarem muito agitadas. Porque é que coloco visível tantas stats dos meus adversários se não tenho tempo para olhar para elas, olhar para elas e interpretá-las e depois tomar uma boa decisão?

Qualquer pessoa que queira melhorar o seu jogo e chegar a uma decisão através das stats, só deve jogar num máximo de 4 mesas. qualquer número acima deste tem que ser testado por vós. Admito que só consigo jogar o meu melhor jogo se estiver a jogar em 6 ou menos mesas shorthanded.

Qualquer pessoa que jogue muitas mãos, não consegue olhar para a sua posição, adversários, stats dos adversários, diferentes maneiras de jogar a mão quer nesta street como nas restantes, durante 15 segundos em 3 mesas ao mesmo tempo. Tenho enorme respeito por aqueles jogadores que conseguem jogar em mais de 6 mesas com total concentração. Também acredito que muitos jogadores são capazes de o fazer, contrariamente a mim. Contudo, também acredito que existem muitos jogadores que pensam que são capazes de algo do género.

Quantas mais mesas jogarem, mais depressa começam a tomar decisões menos boas. Se estes erros se acumularem, pode tornar-se muito caro porque deixam de conseguir jogar o vosso melhor jogo.

Devemos determinar o objetivo de jogar apenas em mesas que possamos facilmente ganhar. Devemos também escolher mesas cuidadosamente e se estas se começarem a tornar perigosas, devemos abandoná-las rapidamente. Se conseguirmos fazer isto, vamos ter situações muito mais proveitosas pela frente e evitamos assim ao máximo a entrada em tilt.
» SUMÁRIO

Hoje abordamos as melhores formas de evitar a entrada em tilt. Devemos prestar especial atenção à preparação do nosso jogo, bem como à nossa atitude na mesa, à seleção de mesas e as implicações que tudo isto pode ter.

Para a próxima semana vamos continuar a falar um pouco mais sobre este tópico e abordar a gestão da bankroll mais detalhadamente. Vamos também discutir a "down-rule"

 

Comentários (11)

#1 SauloFRoes, 03.09.08 14:41

Muito bom!! A Equipe é ótima!

#2 jribeiros, 30.12.08 23:48

sempre quis saber como escolher mesas, agora ja sei. <br /> aqui eu só aprendo

#3 ripardo, 18.06.09 16:56

Excelente conteúdo!! A parte de seleção de mesa estámuito boa. Tenho algumas dúvidas sobre a Average Pot das mesas e outros stats delas. Qual a melhor para cada estratégia? Valeu

#4 tilttilt, 13.01.10 01:47

Simplesmente o melhor artigo que já lí. Definiu todas as situações em que entrei em tilt, e me fez erconhecer que eu entrava em tilt várias vezes e não admitia por orgulho. resultado? Demasiadas perdas e sentir-se um péssimo jogador, mesmo quando tenta fazer o melhor possível.<br /> <br /> Obrigado equipe PS.

#5 bacchiega, 31.03.10 23:54

cadê o artigo ????

#6 ilmab, 25.05.10 21:10

Exelente artigo.<br />

#7 leomalaco, 01.01.11 22:35

muitooo bommm. sem palavras

#8 leandromaxnatal, 21.05.11 20:05

muito interessante deve ser lido por todos

#9 Brubaker1982, 29.06.12 19:38

Marcando como lido...

#10 pporsche, 02.07.12 09:25

#9<br /> Tens uma caixa para notas pessoais no final da página onde podes colocar essas marcações (y)

#11 Agosfc, 07.03.13 14:10

tilt o maior vilao das mesas .