Sucesso a longo prazo no Poker Online com estratégias vencedoras – inscreve-te já grátis!

As melhores estratégias Com a estratégia correta, o poker torna-se numa brincadeira. Os nossos autores mostram passo a passo como funciona.

As cabeças mais espertas Aprende em conjunto com os mais bem sucedidos jogadores de poker nos treinos ao vivo e no fórum.

Dinheiro de Poker Grátis A PokerStrategy.com é completamente gratuita. Para além disso espera-te dinheiro de poker grátis.

Já és membro da PokerStrategy.com? Faz o login aqui

EstratégiaFixed Limit

Out of Position (Fora de Posição) 3handed

» COLUNA

 

Out of Position (Fora de Posição) 3handed

por firsttsunami

O Poker é um jogo de informações incompletas. O jogador que tiver mais informações consegue tomar melhores decisões. Os erros acontecem devido à falta ou à interpretação errada da informação. Pensando logicamente, isto quer dizer que o jogador que tem mais informações vai cometer menos erros e por isso ganhar mais vezes.

No que diz respeito à revelação de informação acerca da vossa mão e ao recebimento de informações acerca das mãos dos adversários, a posição na mesa é muito importante no poker. O jogador que tiver que agir primeiro está não só a revelar informações sobre a sua mão, mas como também é o que tem menos informações acerca das mãos dos adversários, porque os jogadores atrás dele ainda não actuaram.

Nas situações em que estamos a defrontar vários adversários, pelo menos dois, e em que temos que actuar primeiro são as mais dificeis. Estamos fora de posição e temos que pensar como é que vamos continuar a jogar aquela mão.

Para que possamos criar um plano de acção para a nossa mão, temos que avaliar a nossa equity contra o range dos adversários e temos que avaliar também certos pressupostos que são essenciais para que consigamos tomar uma decisão.

Se tiverem uma vantagem em termos de equity é matematicamente correcto deixar o pot crescer, e como essas situações são fáceis de jogar porque um check/raise é sempre uma jogada correcta, queremos lidar com mãos e situações em que estejamos abaixo da média de equity. Em algumas situações, poderá ser melhor jogar estas mãos agressivamente devido a razões estratégicas.

As primeiras duas mãos exemplares parecem idênticas, mas têm que ser avaliadas em bases diferentes.
QUANDO JOGAR AGRESSIVAMENTE E QUANDO JOGAR PASSIVAMENTE?

Vamos olhar para este exemplo:

5.00/10.00 Fixed-Limit Hold'em (6 handed)

Preflop: Hero is BB with 5, 5
2 folds, CO raises, BU calls, SB folds, Hero calls.

Flop: (6.40 SB) 8, 8, 9 (3 players)
Hero checks, CO bets, BU calls. Hero?

As razões e pressupostos seguintes vão ajudar a decidir se é correcto jogar a mão agressivamente ou não:

  • O perigo de uma free card no turn é muito elevado

    Se a probabilidade de uma aposta no turn for muito baixa, porque talvez o PFA é um jogador fraco que raramente aposta novamente no turn, devemos jogar a mão agressivamente. A desvantagem da nossa posição torna-se muito clara se considerarmos a hipótese do botão receber uma free card. Para que consigamos compensar esta desvantagem, temos que tomar a iniciativa para evitar assim uma freecard. No turn, isto quer dizer que se não tivermos uma vantagem e o PFA vai basicamente apostar sempre novamente no turn, seria correcto ficarmos passivos e jogar check/call.

  • A maioria das cartas no turn baixam o nosso equity.

    Quantos mais outs os nossos adversários tiverem contra nós, e quantas mais cartas no turn baixarem o nosso equity, o melhor é apenas fazer call no flop para ver o turn. Isto porque podiamos muito facilmente fazer fold em muitas cartas no turn. Teriamos apenas investido 0.5 BB no máximo. Se tivessemos feito check/raise, teriamos investido 1.5 BB.

  • O adversário presta atenção ao nosso balanceamento

    Se o nosso adversário presta atenção ao balanceamento e o nosso défice de equity não é grande coisa, devemos jogar a mão agressivamente, porque ele poderia interpretar a nossa sequência de apostas "check/call, donk" como uma fraqueza e responder com um raise no turn com muitas mãos para ver assim um showdown de graça. Contudo, muitos TAGs nos limites mais baixos não fazem isto e preferem fazer call ou fold com mãos mais fracas. Por isso, balancear o jogo pode basicamente ser posto de parte nos limites mais baixos.

COMO CONTINUAR A JOGAR NO TURN DEPOIS DE UM CHECK/CALL PASSIVO NO FLOP?

Geralmente devemos fazer donk se acertarmos uma carta que não baixe o nosso equity e fazer fold perante um raise. Muitos adversários não tentam o semi-bluff se alguém fizer donk no turn, mas apenas fazem raise com mãos fortes feitas. O nosso plano é fazer donk/fold no turn. Quando aparece uma carta má na board, jogamos check/fold. Jogaremos check/call se o terceiro adversário fizer call ou fold.

Excepção: O adversário aposta automaticamente no turn e não recebe a freecard. Isto deixa-nos com uma decisão difícil se ele fizer raise no turn, porque ele também faria raise com ace high para um showdown de graça.

MÃO EXEMPLAR #1

CO = TAG

BU = 40/5/1.0/43 Fish

5.00/10.00 Fixed-Limit Hold'em (6 handed)

Preflop: Hero is BB with 5, 5
2 folds, CO raises, BU calls, SB folds, Hero calls.

Flop: (6.40 SB) 8, 8, 9 (3 players)
Hero checks, CO bets, BU calls. Hero?

Final Pot: 4.20 BB

Defendemos a nossa big blind com um pocket pair com odds de 1:5.

1:5 mais as odds implícitas adicionais são suficientes se acertarmos no nosso set e temos assim a hipótese de ganhar um grande pot.Primeiro temos que avaliar a nossa equity.

CO: 40.286% { 55+, A2s+, K7s+, Q8s+, J8s+, T8s+, 98s, A7o+, K9o+, QTo+, JTo }
BU: 34.616% { 99-22, AJs-A2s, K5s+, Q7s+, J7s+, T7s+, 97s+, 87s, AJo-A5o, K9o+, Q9o+, J9o+, T9o }
Hero: 25.099% { 5, 5 }

Podemos ver que estamos muito abaixo da média de equity nesta mão e devemos apenas fazer check/call no flop para ver o turn nesta posição. Na maioria das vezes temos a melhor mão no flop, mas a nossa equity não aparenta ser nada boa, porque muitas cartas no turn a reduziriam muito. Por isso, o pressuposto de que muitas cartas no turn reduziriam o nosso equity aplicasse aqui.

Apenas cartas entre 2-6 e um 8 seriam cartas boas para nós. Isto perfaz um total de 22 cartas. Contudo, o 7 e 9-A são cartas fracas. Não queremos investir mais dinheiro se uma destas cartas aparecer na board. 7, A-9 fazem um total de 28 combinações. Se qualquer carta entre 9-A aparece, a nossa equity cai para 13-16%. A nossa equity cai para 23% se aparecer um 7.
Por isso, basicamente não queremos investir outra aposta no turn 63% das vezes. Ao fazermos check/raise estariamos a compremeter-nos demasiado para apostar novamente no turn. Os argumentos para um check/raise seriam de que o botão é um bocado passivo e muitas das vezes fará check behind no turn. Contudo, o argumento contra seria de que ele gosta de ver o showdown e geralmente faz call com mãos que têm 6 outs ou mais no turn e nunca faz fold de mãos melhores. A nossa equity é muito baixa e porque a maioria das cartas no turn não são boas para nós, devemos fazer check/call.
MÃO EXEMPLAR #2

Os mesmos adversários da mão #1
BU = TAG

SB = 40/5/1.0/43 Fish

5.00/10.00 Fixed-Limit Hold'em (6 handed)


Preflop: Hero is MP2 with Q, T
Hero raises, 2 folds, BU 3-bets, SB calls, BB folds, Hero calls.

Flop: (10.00 SB) J, T, 6 (3 players)
SB checks, Hero checks, BU bets, SB calls.

Final Pot: 6.00 BB

Hero: 31.070% { Q, T }
BU: 40.292% { 88+, ATs+, KQs, AJo+, }
SB: 28.638% { JJ-22, A8s+, K9s+, Q8s+, J8s+, T8s+, 98s, 87s, ATo+, K9o+, Q9o+, J9o+, T9o }

O botão faz 3bet e a small blind cold calls 2.7SB. Podemos ver que também aqui estamos abaixo da média de equity. Contudo, estamos apenas 2% abaixo da média, em contraste com os 7% da mão #1.

Os nossos custos são por isso mais baixos. Outra diferença é de que menos cartas no turn podem fazer mal à nossa mão. Gostariamos de investir uma aposta ao fazer donk no turn para evitar uma freecard. Apenas um A ou um K seriam cartas más. Se aparece um K, a equity vai descer 17%, enquanto que desceria 15% se fosse um ás a aparecer na board. Todas as outras cartas, que não melhoram a nossa mão, não alteram a nossa equity.

Temos 30% de equity se qualquer carta entre um 2 e um 9 aparecerem na board, 33% se for um J, 76% se for um T e 39% se for uma dama. Existem apenas 8 cartas más, mas por outro lado temos 43 boas, que perfazem um total de 84% das cartas no turn. Portanto, por tudo isto, queremos investir outra aposta.

Aqui a diferença fica muito clara: Basicamente, queremos investir mais dinheiro na maioria das cartas no turn.

Podemos concluir o seguinte: Como queremos fazer donk basicamente em qualquer carta no turn, não queremos oferecer uma freecard ao agressor no pré-flo, que pode ter mãos do tipo AK e AQ. Devemos jogar a mão agressivamente no flop e fazer check/raise.

MÃO EXEMPLAR #3

5.00/10.00 Fixed-Limit Hold'em (6 handed)

Preflop: Hero is BB with 5, 5
2 folds, CO raises, BU calls, SB folds, Hero calls.

Flop: (6.40 SB) Q, T, 4 (3 players)
Hero checks, CO bets, BU calls.

Final Pot: 4.20 BB

Como já discutimos até agora duas situações em que um raise ou um call seriam as melhores opções, temos outra situação em que devemos imediatamente fold no flop.

CO: 40.667% { 66+, A2s+, K6s+, Q8s+, J8s+, T8s+, A7o+, K9o+, QTo+, JTo }
BU: 40.072% { 66+, A2s+, K6s+, Q7s+, J7s+, T7s+, 97s+, 87s, A7o+, K9o+, Q9o+, J9o+, T9o }
Hero: 19.262% { 5, 5 }

Temos apenas 20% de equity nesta mão. Já estamos 13% abaixo da média de equity no flop e a board só pode ficar ainda pior. Na maioria das vezes vamos estar atrás no flop e provavelmente têm mais outs contra nós do que nas mãos anteriores.


» SUMÁRIO

Como vimos, existem situações que à primeira vista podem parecer similares, mas que depois exigem diferentes formas de jogar assim que determinarmos as pequenas diferenças.

Quando estamos a escolher a melhor forma de jogar fora de posição contra dois adversários, a equity tem que ser tida em conta, mas também o possível desenvolvimento que o jogo possa ter na mesa. Quanto maior for o número de cartas que pode reduzir o nosso equity no turn drasticamente, mais passiva deve ser a vossa abordagem ao jogo. Quanto maior for o perigo de uma freecard no turn, mais agressivamente devem jogar.

 

Comentários (2)

#1 SauloFRoes, 03.09.08 14:22

Mais um excelente texto!! Vocês estão me ajudando muito! Grato.

#2 MarianaBezerra, 22.07.11 15:21

Muito bom mesmo, muito elucidativo