Sucesso a longo prazo no Poker Online com estratégias vencedoras – inscreve-te já grátis!

As melhores estratégias Com a estratégia correta, o poker torna-se numa brincadeira. Os nossos autores mostram passo a passo como funciona.

As cabeças mais espertas Aprende em conjunto com os mais bem sucedidos jogadores de poker nos treinos ao vivo e no fórum.

Dinheiro de Poker Grátis A PokerStrategy.com é completamente gratuita. Para além disso espera-te dinheiro de poker grátis.

Já és membro da PokerStrategy.com? Faz o login aqui

EstratégiaMindset & Psicologia

Análises e conceitos psicológicos

Introdução

O fator psicológico no poker é muito importante, especialmente no No Limit Hold´em. É importante quando aplicado no oponente, o julgamento e controle das ações deles, ou até mais importante, no contexto do seu próprio comportamento e como se controlar. O fator psicológico também é decisivo em se persuadir a se tornar um jogador de poker que é sempre capaz de tomar decisões racionais, e que é capaz de ver os problemas como eles são: Parte do jogo.

Gerenciamento pessoal, gerenciamento de banca, seleção de mesa, objetivos e comportamento de aprendizado, concentração durante o jogo, consciência até mesmo em pequenos valores, e ambição de jogar o seu jogo A em qualquer situação determina aproximadamente 70% do seu sucesso.

Bad Beat

Problema

Quando você parece ser favorito, você coloca as suas fichas no meio e o oponente acerta a carta milagrosa, o kicker dele, runner runner draw ou gutshot: A bad beat.

Conceitos

Experiência ajuda você a digerir melhor os bad beats
Com o tempo, um jogador de poker verá mais e mais mãos aonde o favorito perde e após um tempo ele simplesmente passa a não se importar mais. A probabilidade de tirar 6 em dois dados é 2.8%, a probabilidade de conseguir um runner runner straight é de 4.9%. Após jogar por um tempo, o jogador aprende que essas ocorrências fazem parte do jogo e não tem nada de incomum.


Não existe nada que você possa fazer, além de colocar as suas fichas no meio da mesa como favorito
É simples assim. Se uma pessoa fosse capaz de aceitar as coisas que estão fora do controle dela (Como as cartas que virão no turn e river), o problema provavelmente não existiria. Mas nós normalmente pensamos que é injusto ou que nós jogamos bem e ainda assim perdemos.

Mas o poker não é justo. É justo no longo prazo, mas quando você olha só os resultados de algumas mãos de uma sessão, não é. Existem 4 cartas no baralho que podem completar um gutshot, e por vezes alguma dessas cartas aparece e você não tem como evitar isso. Tente influenciar as situações sobre as quais você pode ter algum impacto,  por exemplo: os pot odds que você dá ao seu oponente para o draw dele, os quais asseguram os seus ganhos no longo prazo. As outras situações você simplesmente deve aceitar.

Bons jogadores sofrem mais bad beats
Tenha certeza que bons jogadores tem que aceitar mais bad beats já que eles são favoritos com maior frequência se muito dinheiro estiver no pote. Um jogador ruim, que vai all-in com gutshot, nunca será favorito.Tudo que ele pode fazer é dar um bad beat. Ele terá dificuldade em tomar um bad beat, já que ele, sendo um jogador ruim, naturalmente irá fazer slowplay com seus sets de uma maneira tricky. Ele coloca o dinheiro no pote nas horas erradas, para o seu ganho. Talvez não na mão aonde ele acertou a carta milagrosa no river, mas terão muitas outras durante as quais você será favorito e o oponente não acertará um dos seus 4 outs.

Uma vez que você joga contra oponentes bons e volta ao seu limite normal, você ficará feliz de colocar as suas fichas no pote como favorito mesmo se você tiver que aceitar alguns bad beats.

Cooler


Problema

Um cooler se refere a uma situação onde você tem uma mão forte, mas mesmo assim encontra um oponente com uma mão mais forte, perdendo assim todo o seu dinheiro. O cooler é o irmão mais novo da bad beat, mas muito mais perigoso. Enquanto é óbvio que você não teve culpa de tomar uma bad beat, alguns jogadores começam a duvidar de suas decisões, se ele deveria ter largado aquele AK em um board AK7, já que um set de 7 está a espreita.

Conceitos

Pense em ranges
Vamos supor a situação acima. Você aposta no flop e alguém vai all-in (Os stacks são pequenos, logo, não é uma overbet). Você paga e o seu oponente mostra o set dele. Enquanto você está contemplando se tomou a decisão correta ou não, evite pensamentos que sejam direcionados ao resultado. Não diga "é claro que ele tinha um set, eu tinha que estar atrás". A situação não era certa.

O momento decisivo é que qualquer jogador teria dado push com o set, mas o fato que você foi vítima de um monstro, não lhe diz se o seu call foi bom ou ruim. Tudo é determinado pelo range que você esperava do seu oponente.

Quando jogando contra um oponente que teria dado push com qualquer A e 77, e cujo range fosse A2+ e 77 (e talvez AA e KK), só existe uma mão para a qual você está perdendo. Qual mão ele realmente tinha, seja AK, A4 ou 77 é irrelevante. Decida baseado no range do seu oponente, e não duvide a sua decisão só porque ele está mostrando uma mão que vence da sua. Se a sua decisão foi matematicamente correta, então ela continuará correta. Em outras situações você verá A4 ou AT em vez de 77. A questão não é sobre qual mão o oponente tem, mas sobre quais mãos ele teria jogado da mesma maneira que você até o ponto que você tem que tomar uma decisão.
Você deve seguir o mesmo pensamento em relação a bluffs. Vamos supor que você deu raise pré-flop e alguém pagou. O flop traz 754 e você faz uma continuation bet, que também é paga, o turn traz um T e o seu oponente dá check. O river traz um 2, agora você decide fazer um bluff, já que você imagina que o seu oponente tenha 65 ou um par pequeno. Mas em vez de foldar o seu oponente dá raise e após você foldar ele mostra 22.

O bluff no river foi a decisão errada? Não necessariamente! É compreensível que o oponente não folda após conseguir uma carta milagrosa dessas no river. Mas a questão permanece, se ele teria foldado as mãos do range dele vezes suficientes para fazer o bluff ser lucrativo. Isso é difícil dizer. Se ele não estivesse disposto a largar A5o, então o bluff foi errado, já que o oponente foldaria poucas mãos do range dele.

Pense em ranges de mãos. Não tente colocar o seu oponente em uma mão precisa, ou questionar o seu jogo porque ele mostrou a única mão fora do range dele que vence de você. Só é um erro se você julgou mal o range dele. Isso é muito difícil e requer muita experiência. Tome cuidado para que as suas suposições estejam corretas.

Se alguém pensa que a value bet no river com um par médio/top kicker será paga por todos os pares do oponente, ele é capaz de apostar "corretamente pela matemática". Mas se o range que você supôs estiver errado, e o seu oponente não dá call com todos os pares, mas só com top pairs, e vence você com eles, então você cometeu um erro, mesmo que você fale para si mesmo que foi vítima de um cooler.

A melhor decisão
A um tempo atrás eu joguei a seguinte mão: Eu tinha JJ e dei raise após um raise antes de mim. A pessoa pagou o meu raise e o board trouxe AJJ. Nós enrolamos um pouco e fomos all-in. Ele mostrou Aces full e eu tinha quatro Valetes.

Aqui vai um 2º exemplo: Eu estou no BB, o CO dá raise e eu dou uma 3bet com 44. Ele paga e o board traz J54. Nós vamos all-in novamente e ele mostra QJ.

Qual a diferença entre as duas mãos? No primeiro exemplo eu teria jogado da mesma maneira que o oponente. Eu teria dado flat call pré-flop na 3bet com AA e teria iddo all-in com Aces full. Eu tive sorte de ter quads e ficar $400 mais rico. Nessa situação as suas habilidades no poker não irão lhe ajudar já que ninguém pode escapar de um set over set ou quads over full house.

Na segunda situação eu também ganhei $400. Mas dessa vez você não pode dizer que eu dei sorte de acertar o meu set no flop. Se eu fosse o meu oponente, no entanto, eu teria foldado pré-flop e não teria ido all-in. Se nós tivéssemos jogado a mesma mão duas vezes, eu teria pego QJ uma vez e 44 na outra e eu ainda assim teria feito $310-$360, só porque eu posso foldar o meu top pair.

Então, sempre que você enfrentar uma situação na qual você não está confiante na sua jogada ou se foi um cooler, que lhe arrastou para baixo, pense no que você teria feito diferente se você fosse o oponente. Se você ganha mais dinheiro com monstros com as cartas dos seus oponente, e você perde menos com mãos ruins, então você é melhor que o seu oponente e você vence no longo prazo.

Acontece do seu oponente receber cartas melhores e fazer você perder a noite toda. Contanto que você reconheça os erros que o seu oponente está cometendo, no entanto que você não o fizesse, então você é um jogador vencedor.

Outra parte é reconhecer quando você está tendo sorte. Eu,por exemplo, ousei dar tiros na NL400. Eu fui capaz de levar meus $600 até $2500 em uma sessão e sair da mesa. Eu me senti como o rei dos limites altos,mas quando eu olhei os grandes potes depois, eu tive que admitir que os meus oponentes cometeram apenas alguns erros e acabaram em situações infelizes contra mim. Eu noticiei que eu não era o profissional de NL600, mas sim um luckbox. Esse insight é útil para evitar limites -EV.

Mas lembre-se, nem todos os erros que você acha que notou são erros na verdade. Se você é um jogador ruim, você irá notar erros que não são erros na verdade. Outro problema que aparece porque certas situações preferem certos tipos de jogadores. Se você quer evitar erros desistindo de mãos boas, mas não excelentes, rocks cometem menos erros que maníacos. Logo, se mãos boas estão jogando contra mãos boas, então, de acordo com o modelo acima, o rock comete menos erros que os seus oponentes, apesar deles provavelmente serem jogadores piores.

Impaciência

Problema

Acontece de você perder alguns potes pequenos ou até mesmo blinds no começo da sessão, e começar a ficar impaciente e colocar pressão em si mesmo para ganhar um pote grande. Ou você tenta ficar breakeven ou alcançar uma meta (exemplo: $5000 de banca como um número inteiro, mas não $4989).

Conceitos

Os grandes potes são importantes
Você tem que entender que alguns potes pequenos perdidos são facilmente balanceados. Se você perdeu os últimos 4 potes porque as suas cbets tomaram raise, um simples pote grande é o suficiente para trazer o dinheiro de volta. Potes em NL crescem rápido. Um pote que houve raise pré-flop consiste de $12 na NL100, se você apostar mais uma street e alguém pagar o pote cresce significantemente e chega a $40.

É tudo uma grande sessão
Essas são palavras sábias do 2+2 que são muito verdadeiras. Elas entoam que não importa quando você para para descansar ou para uma sessão. Intervalos são apenas interrupções do jogo, e não faz o menor sentido criar metas imaginárias para cada intervalo. Não importa se você para se jogar por 5 minutos para ir ao banheiro ou se você vai esquiar por uma semana. É tudo a mesma coisa. Não seria bobo tentar conseguir uma sessão vencedora toda vez que você vai ao banheiro?

Faz sentido é claro terminar a sessão quando você está tiltando, se os seus oponentes são melhores ou se você quer fazer alguma outra coisa. Essas são razões que influenciam o seu lucro. Mas não termine uma sessão só porque você ganhou $1.20 e não quer perder dinheiro. Você pode perder amanhã e qual o sentido em ter um pouco mais de dinheiro online só pela noite

Não tente forçar a vitória
Poker é um jogo onde o tédio e a adrenalina se revezam. Assim como a variância muda os seus resultados, também influencia o ritmo do jogo. As vezes você experimenta só as fazes tediosas, mas aí você joga vários potes grandes um atrás do outro. A flutuação do winrate assim como o fenômeno do cold deck são completamente normais e podem ser explicados matematicamente. O melhor que você pode fazer quando não tiver recebendo cartas boas é minimizar as suas perdas. Não tente ganhar sem cartas boas porque é simplesmente impossível. É claro que você pode tentar alguns moves com uma imagem tight, mas você irá patinar sobre gelo fino

Tilt Prolongado

Problema

A maioria dos jogadores experientes podem se controlar quando eles tem que tomar um bad beat ou cooler por noite. Também acontece, no entanto, que os bad beats acumulam por várias semanas. Esses dowswings acabam com a força mental e auto-confiança que é necessária para jogar poker. Muitos jogadores de poker se desesperam, mudam completamente o jogo deles e esquecem das características e habilidades que fizeram eles terem sucesso inicialmente.

Conceitos

Para os membros do PS.com o poker é um grande freeroll
Você tem uma grande vantagem se você começou a jogar pelo PS.com: Você nunca investiu dinheiro seu. Então, tudo que você ganha é lucro sem risco. Se você conseguiu levar o seu bankroll até $1000 e então cai para $400, não diga: "eu perdi $600 durante as ultimas semanas".

Em vez disso você deve dizer que você achou um hobby que você gosta, e que adicionalmente ganhou $400, e que você tem capacidade para ganhar muito mais. Você fez $400 a partir de $50 e os $50 foram um presente. Onde você perdeu? Esteja ciente de que independente do que você fizer, você não tem como perder

Não tente mudar o seu estilo radicalmente
Quando você tem uma maré ruim, os jogadores geralmente tentam mudar o estilo de jogo deles e calibrar um novo. Isso é bom e necessário.O problema começa quando os jogadores querem mudar o jogo deles radicalmente.

É bom pensar em mudanças para poder eliminar os erros ou fazer certas situações mais lucrativas. Talvez você note que você deve ao menos completar o SB, ou você reconhece que tem que foldar mais frequentemente com top pair no flop porque você tem dificuldade de largar a sua mão, e assim perde dinheiro. Mas você não deve mudar a sua estratégia toda tipo "Eu devo ficar mais loose e dar raise com pelo menos 20% das minhas mãos" ou "eu tenho que ficar mais tight e quase não fazer cbets".

Já é ruim mudar radicalmente o seu jogo sob circunstâncias normais. Fazê-lo durante um dowswing é uma má idéia.

Downswings são explicáveis matematicamente
Jogadores que nunca tiveram grandes downswings pensam que eles são muito raros ou que eles só acontecem com jogadores ruins. Após jogadores muito bons me contarem que eles tiveram grandes downswings eu posso facilmente dizer: A vez de cada um vai vir, em algum ponto, não importa quão bem ou não ele esteja jogando. É matematicamente improvável perder 10-15 buy-ins, mas não é impossível. Se você aceitar esse fato, você não se pressionará sem necessidade.

Por outro lado é humano e conveniente chamar as perdas de downswings. Se você não puder distinguir entre perdas por downswings ou perdas por jogar mal, então você provavelmente irá perder mais dinheiro ainda.

Note o seguinte pensamento:

a) Um iniciante é um jogador pior que um jogador azarado. Nenhum campeão caiu do céu e a maioria dos iniciantes são jogadores ruins. Poker requer prática, e como um calouro, você nunca deve se considerar um prodígio que simplesmente teve azar.

Em vez disso você deve tentar melhorar a sua estratégia e perceber que irá precisar de muita experiência (muitas horas no fórum) para se tornar um bom jogador. Bons jogadores, que estão jogando acima do nível deles também devem ter ciência disso.

b) Se você tem grandes expectativas, você passa por alguns maus-bocados, e se você tem um winrate logo acima de zero, você tem uma grande variância. Se você dominou um limite por um período longo (exemplo: com 12ptbb/100 em 60k mãos) e então passa por um downswing, você não deve considerar isso azar. É improvável que um ganho tão grande caia tão drasticamente.

Por outro lado, se alguém tem ganhos marginais (e isso acontece nos limites mais altos), ele sofre de dowswings com frequência. Se você tem certeza da sua habilidade para bater o limite, de preferência com uma grande amostra, então você pode ficar nesse limite. Saiba que você terá uma grande variância dessa maneira. Se você não quiser muita variância, você deve descer de limite, aonde você pode bater com certeza.

c) Muitos jogadores aumentam as perdas deles durante um dowswing. Eu acho que 2/3 dos downswings não são simplesmente devido a azar. Muitas pessoas tiltam e perdem 14 buy-ins, enquanto se não tiltassem as perdas seriam somente 8-9 buy-ins.

Existem formas muito sutis de tiltar. Você não precisa ficar com raiva para tiltar. Ficar frustrado ou ter uma disposição maior de pagar, leva a grandes perdas e não é tratado como tilt, apesar de lhe doer imensamente. Terminar uma sessão ruim é um método eficiente de prevenir o tilt.

Lembre o seu sucesso
A certeza que você é um jogador vencedor é importante para se manter confiante. É útil dizer para si mesmo que você ainda tem um bom winrate apesar do downswing e que você está se mantendo bem.

Conclusão

Este artigo foi feito para lhe ensinar que os dowswings, bad beats, coolers e mãos azaradas são simplesmente parte do jogo. Você não pode ganhar sempre, você não deve deixar marés ruins influenciar você, mas você deve se perguntar se você jogou da maneira certa em uma mão, se você jogaria da mesma maneira novamente ou se existe algo diferente que você possa aprender.

Esses são os altos e baixos do poker. Você ainda pode ganhar se você aprender a lidar com esses problemas e se você olhar para cada mão como parte de uma sessão maior na qual você as vezes ganha e as vezes perde. Você também pode vencer se você aplicar o que foi dito acima e ganhar mais que perde no longo prazo enquanto concentrando em fazer as decisões estratégias certas. Isso lhe colocará em uma posição vantajosa comparado aos outros jogadores que não são capazes de seguir esse conselho.
 

Comentários (14)

#1 SauloFRoes, 02.09.08 20:09

Excelente artigo. muito bem elaborado.

#2 gugalongo, 27.11.08 12:07

Isso me conforta um pouco.

#3 JoaoMartins, 07.02.09 03:53

Isso acalma-me os nervos por causa de estar a perder a banca aos pedaços

#4 bobmiguel, 01.04.09 15:41

Muito bom o artigo! Passei por um dowswing "forte". Estava jogando desanimado e com pouca confiança. Fiquei um mês parado. Dei um ar pra cabeça. Agora voltei e sinto aquela gana de jogar bem e ganhar...<br /> Resumindo dowswing, bad beats... sempre estarão presentes na vida do jogar de poker, o que decide são suas atitudes nesses momentos!

#5 imichels, 09.11.09 21:41

De fato, por ter passado ou para prevenir-se desses momentos o artigo é ótimo. Muito bom mesmo!

#6 ThaGoose24, 09.01.10 11:39

A leitura deste artigo é uma protecção contra o Tilt, obrigado.

#7 PavanattoBRA, 15.08.10 18:57

já perdi uma banca inteira por causa do tilt. Agora, depois de começar a estudar na PS, isso nunca mais irá acontecer, pois entendo perfeitamente as bad beats e os downswings. Valeu PS!!!!1

#8 pporsche, 22.01.11 13:35

#All<br /> Obrigado a todos pelo feedback.<br /> Usem também o fórum para colocar questões.<br /> <br /> Abraço,<br /> Paulo "pporsche" Moreira

#9 CALLIBAN, 17.06.11 05:04

Fico triste que estes artigos sejam quase sempre focados para cash...<br /> Mesmo que estejam em "psicologia" como é o caso, os exemplos são sempre para cash...bah<br /> Fica a minha opinião.

#10 speknaze, 01.08.11 22:59

#9 Exacto, muito bom artigo, se bem que a malta do cash tem muito mais apoio que o pessoal dos sng´s, mtt´s e tourney´s...

#11 pporsche, 02.08.11 15:18

#9, #10<br /> Uma grande parte do conhecimento de um bom jogador de MTT's são conceitos que se aplicam em Cash

#12 JuniorJls, 23.02.12 07:09

CONCORDO COM ELES, SOU MTT ..

#13 brcg00, 29.08.12 17:57

Excelente artigo, uma forma mto productiva de aplicar a psicologia basica ao funcionamento do poker, no meu caso bastante esclarecedor de algumas coisas, ate agora, inexplicaveis.

#14 Galileupoker, 17.05.14 13:34

"O melhor que você pode fazer quando não tiver recebendo cartas boas é minimizar as suas perdas."