Sucesso a longo prazo no Poker Online com estratégias vencedoras – inscreve-te já grátis!

As melhores estratégias Com a estratégia correta, o poker torna-se numa brincadeira. Os nossos autores mostram passo a passo como funciona.

As cabeças mais espertas Aprende em conjunto com os mais bem sucedidos jogadores de poker nos treinos ao vivo e no fórum.

Dinheiro de Poker Grátis A PokerStrategy.com é completamente gratuita. Para além disso espera-te dinheiro de poker grátis.

Já és membro da PokerStrategy.com? Faz o login aqui

EstratégiaFixed Limit

Pós-Flop: Texturas do Flop

Introdução

Neste artigo
  • Texturas importantes
  • Quão bem as cartas comunitárias jogam juntas
  • Quantas mãos podem ter acertado em um determinado board (cartas comunitárias)

Textura

A textura é definida pela estrutura e "interação" com as cartas comunitárias (com o board). Isto significa, por exemplo, qual e quantos draws o board permite.

Uma importante habilidade de todo jogador de poker deveria ter é a capacidade de analisar rapidamente a situação no flop para avaliar sua mão e a mão do adversário. A textura do flop tem um papel importante no processo de análise.

As três principais categorias de textura do flop são:

  • Suitedness:
    Quantas cartas do mesmo naipe (suited) tem na mesa? Um flush draw ou um flush feito é possível?
  • Connectedness:
    Quantas cartas conectadas, ou próximas, estão na mesa? Um straight draw ou uma seqüência pronta é possível?
  • High Cards:
    Quantas cartas altas, boas cartas, ou ases estão na mesa? Cartas altas são bastante jogadas. Quanto mais cartas comunitárias altas estiverem na mesa, maior a chance de alguém ter acertado alguma coisa

Primeiramente você deve avaliar a possibilidade de cartas conectadas e a possibilidade de cartas do mesmo naipe na mesa. O próximo aspecto importante é o número e a classificação das cartas altas, como também pares, na mesa.

DOWNLOADS

Tabela Expandida Para o Jogo Pré.Flop

O quadro-resumo das Odds e Outs

Rainbow-Flops

O primeiro passo para avaliar a textura do flop é determinar quantas cartas do mesmo naipe o flop trouxe, e o quão alta essas cartas são. Um flush draw ou um flush feito é possível?

Há três diferentes tipos de configuração neste caso:

  • Rainbow flops - Todas as três cartas do flop são de naipe diferente.
  • 2-suited flops - Duas cartas do flop são de mesmo naipe
  • 3-suited flops - Todas as três cartas do flop são de mesmo naipe.
RAINBOW FLOPS

Em 40% dos casos o flop é rainbow: 3 naipes diferentes. Nestes casos, flush draws não são possíveis. Backdoor draws – quando precisa de ambas as cartas, turn e river, para completar o seu jogo – acerta somente 4% dos casos.

Duas formas típicas de flop rainbow são flops com uma cartas alta (2.2.) e flop com cartas baixas (2.3). Claro que também pode haver mais cartas altas ou um par.

Se você acerta um draw relativamente fraco, como overcards, par médio ou o menor par em tal flop, você tem uma chance relativamente alta de ganhar por causa da ausência de draws para flush. Com as pot odds corretas, você pode tentar ver um showdown com esse tipo de flop.

RAINBOW COM UMA CARTA ALTA

Rainbow com uma carta alta é um flop com 3 cartas de naipes diferentes, porém traz consigo uma carta alta. Este flop relativamente comum raramente é útil, pois poucos straights draws e nenhum flush draw é possível.

Top pair muitas vezes é uma mão forte nesse tipo de flop, pois a chance de acertarem draws é muito baixa.

No caso de haver poucos jogadores no flop e você acertar um par médio ou o menor par, é provável que tenha a melhor mão e você deve apostar. Se você acertar uma trinca, então você tem uma mão extremamente forte, às vezes pode-se fazer slow play.

Entretanto, se o pote já estiver demasiado grande ou tem um calling station (jogador que paga todas as apostas) na mão, então você nunca deve fazer slow play, e sim apostas e aumentos.

Os nossos adversários raramente acertam alguma coisa em um flop rainbow com uma carta alta, esta é uma boa configuração para um blefe.

Um exemplo típico: Você está na posição da big blind e o flop vem rainbow. Além de você, há somente mais um jogador que entrou somente pagando a big blind (entrou de limp) e o jogador que está na posição da small blind. O small blind passa a jogada para você. Agora você pode fazer um blefe ou um semi-blefe, pois há 3 small bets no pote e você vai investir 1 SB para ganhá-lo. Seu adversário tem que desistir da mão em apenas 25% dos casos para que o blefe seja lucrativo.

RAINBOW TODAS BAIXAS

Este tipo de flop raramente ajuda alguém que não tenha uma free play (estava na big blind e ninguém aumentou), pois os jogadores usualmente seguram cartas altas. No entanto, um jogador que entrou de limp pode ter acertado uma trinca e um jogador loose pode facilmente ter acertado um par.

Uma mão muito forte aqui seria obviamente uma trinca, ou dois pares se você for o jogador que pagou a big blind. Com dois pares você sempre aposta ou faz um check/raise (passar a jogada e depois aumentar a aposta do adversário), pois essas mãos não são suficientemente fortes para justificar slowplay. Quando você acertar uma trinca, você deve apostar e aumentar diretamente no flop para extrair o máximo valor da sua mão.

Se ninguém tem uma mão forte, então um overpair geralmente é a melhor mão. Overpairs no flop são uma mão muito vulnerável, então você sempre deve proteger sua mão com apostas e aumentos.

Geralmente o blefe tem pouco sucesso nesse tipo de board, pois os adversários geralmente continuam com quaisquer duas cartas. De fato, não há nenhuma carta alta que assuste.

Muitas vezes você acerta um par baixo nesse tipo de flop quando tem uma free play a partir do big blind. Por exemplo, T6 em um flop 652 rainbow. Contra um ou dois adversários você sempre deve apostar, pois há uma boa chance de que você tenha a melhor mão.

Com mais adversários nessa mão normalmente é melhor você passar a jogada e avaliar o que fazer no caso de alguém apostar. Dependendo de como a mão é jogada, um check/raise é aconselhável para diminuir a quantidade de adversários (diminuir o field). Se, por exemplo, todos passaram a jogada até o button, que é um jogador agressivo e aposta, então você deve fazer um check/raise para diminuir a quantidade de adversários na mão. Se alguém em posição inicial fizer um check/raise, então você tem que desistir facilmente da sua mão (easy fold) porque raramente você está à frente

Flops com cartas do mesmo naipe

2-SUITED FLOPS

Somente em torno da metade dos casos (55%) o flop virá com duas cartas de mesmo naipe. Nesta situação flush draws são possíveis, caso alguém tenha duas cartas do mesmo naipe que as duas do board. Se você tem um flush draw, então normalmente você deve jogá-lo até o river.

Flush draws são mãos fortes, pois em 35% dos casos o draw torna-se uma mão forte até o river.

Flush draws perde significativamente seu valor se aparece um par na mesa, pois há o risco de um adversário com dois pares ou uma trinca acertar o full house e bater o seu potencial flush. Apesar disso, até mesmo nesses casos o flush draw pode ser jogado, embora você possa ser menos agressivo com ele.

Mãos feitas, especialmente top pair, têm um valor menor em um flop com duas cartas do mesmo naipe do que em um flop rainbow, pois há o risco de seu adversário ter um flush draw. Entretanto, top pair deve normalmente ser jogado agressivamente no flop com apostas e aumentos, pois seu adversário dificilmente vai desistir de um flush draw, é muito importante fazer com que ele pague caro para ver a próxima carta, admitindo que temos a melhor mão.

Por causa da possibilidade de flush draw, draws mais fracos devem ser jogados somente com boas odds e rainbow boards. Muitas vezes as outs para gutshots ou pares pequenos podem ser falsas se elas também trouxerem o flush. Também há o perigo da pessoa acertar a sua mão no turn e ainda assim perder visto que alguém acertou seu redraw no river. Por causa disso, você deve se separar mais facilmente de draws fracos e jogá-los somente quanto tem bons pot odds

Um jogador com um ás ou um rei do mesmo naipe das duas cartas "naipadas" (do mesmo naipe) do flop tem um backdoor flush draw, e acerta o flush até o river em apenas 4% dos casos. Um backdoor flush draw sozinho não é forte o bastante para continuar jogando, embora pudesse ser ligeiramente mais forte que mãos marginais.

3-SUITED FLOPS

Cerca de 5% dos flops têm as três cartas do mesmo naipe. Nestes casos, um flush já no flop é possível.

Se você tem a sorte de acertar um flush já no flop, então você sempre deve (exceto quando você tem a nut flush - flush mais alto possível) apostar e aumentar sempre que possível para proteger a sua mão contra um possível draw para um flush maior.

Por outro lado, se você tem a nut flush, você segura uma mão muito forte e deve avaliar a melhor forma de jogar. Aqui novamente é aconselhável jogar agressivamente, tanto por valor no caso de alguém acertar um flush menor ou uma trinca, e visto que se aparecer uma quarta carta na mesa do naipe do flush a ação irá acabar. No entanto, se você suspeita que seus adversários têm mãos muito fracas, então fazer slow play com a nut flush às vezes é justificável.

Se você segura a maior, ou segunda maior, carta do flush junto com uma carta de outro naipe, então você normalmente pode jogar a sua mão até o river; fazer semi-blefes nessas situações pode trazer lucros. Flushes draws mais baixos, no entanto, deve ser imediatamente jogado fora caso qualquer ação ocorra, pois há um alto risco de perder o pote mesmo quando completa a sua mão (isto é, você tem uma mão batida).

Se ninguém tem o flush, então qualquer um que tenha uma trinca ou uma seqüência está claramente à frente. Qualquer top pair ainda pode ser jogado em um flop com todas as cartas do mesmo naipe, apesar de que você deve jogá-lo de uma forma mais conservadora. Mãos piores como um par médio ou o menor par e straight draws devem ser deixadas de lado se houver alguma ação.

Flops conectados

O segundo passo na avaliação da textura do flop é entender o quão conectado o board está; o quão próximo estão as cartas, se são possíveis straights draws e se há a possibilidade de uma seqüência feita. Os dois principais tipos de flop assim são:

  • 2-connected Flops: Quando tem duas cartas conectadas no flop, por exemplo JT
  • 3-connected Flops: Este consiste de três cartas conectadas e há a possibilidade de uma seqüência pronta
2-CONNECTED FLOPS

Cerca de 40% das vezes o flop virá com duas cartas conectadas, no qual straight draws são possíveis, assim como dois pares também é provável, pois a maioria dos jogadores preferem jogar com cartas conectadas na mão inicial.

Primeiramente, um OESD em um flop rainbow é uma mão relativamente forte. Acertará a seqüência em 32% das vezes.

Quando você tem duas overcards além do straight draw, é uma mão muito forte no flop e deve jogá-la agressivamente.

Um exemplo típico é KQ em um flop JT2 rainbow. Outra mão de draw que pode ser jogada é um gutshot com duas overcardas, como um AK nesse flop.

3-CONNECTED FLOPS

Três cartas conectadas no flop traz a possibilidade de algum jogador ter feito uma seqüência. Por causa disso, este tipo de flop é bastante perigoso para as outras mãos.

A nut straight (seqüência mais alta possível) não é absolutamente forte como a nut flush, pois é possível perder para um flush até o river. Além disso, se mais cartas da seqüência aparecer no turn ou no river, o jogador que tinha a nut straight no flop pode apenas ficar com a metade do pote, ou até mesmo perder para uma seqüência maior. No entanto, sempre que acertar uma seqüência no flop você deve jogá-la agressivamente.

Straights draws devem ser jogados somente se tiver a ponta mais alta da seqüência (high-end). Com a ponta mais baixa da seqüência (também chamada de "idiot end") há uma grande chance de perdermos para uma seqüência maior.

Overpairs e top pairs devem ser jogados com cautela, pois há o perigo de perder para um adversário com dois pares (a maioria dos jogadores gostam de jogar com cartas conectadas).

Overpairs são significativamente fortes quando são combinados com um straight draw, por exemplo JJ em um flop 987. Às vezes, até mesmo duas cartas com um gutshot podem ser jogadas.

Par na mesa

17% das vezes aparece um par na mesa. Obviamente, um trio (trips) é uma mão muito forte nesse tipo de flop. Porém, sempre que tiver um trio com um baixo kicker e tiver muita ação, então você deve tomar cuidado, pois um oponente pode ter um trio com um kicker melhor que o seu ou mesmo ter um full house.

Flushes draws e straights draws perdem muito valor por causa do alto risco de full house e de redraws fortes.

Muito raramente (uma em 425 mãos) o board traz uma trinca (three of a kind). Um jogador com uma quadra terá, claramente, a melhor mão. Na maioria das vezes, no entanto, ninguém tem a quadra. Nestes casos, pares na mão (pocket pairs) são fortes, quanto maior melhor. Se ninguém tem um par, então o ás alto será a melhor mão.

PAR ALTO

Um flop com um par alto é especialmente perigoso, cartas altas são muito jogadas. Se muitos jogadores na mão estão investindo dinheiro então, na maioria dos casos, algum deles tem pelo menos o trio (trips).

Com poucos jogadores no flop, um overpair, top pair ou até mesmo um ás alto frequentemente será a melhor mão, pois o board com um par só pode ser combinado com outras cinco cartas, ao invés de nove como nos outros boards.

PAR PEQUENO

Geralmente as mesmas regras aplicadas à pares altos são aplicadas aqui. No entanto, é improvável que um bom jogador em posição inicial ou média acerte o trio nesse tipo de board. Em um flop com T44, um jogador tight raramente jogará com um 4 na mão. Nestes casos, um overpair ou top pair pode ser jogado agressivamente. Com outras mãos, se jogadores looses ou os jogadores que pagaram as blinds estiverem no pote, então você deve considerar a possibilidade de que eles tenham o trio.

Com pares baixos no board em um pote que não teve aumentos antes do flop (unraised pot), você tem uma boa oportunidade de fazer um bluff, por exemplo em um flop rainbow J44. Se três adversários viram o flop e o jogador que pagou a small blind não está no jogo, ou passou a jogada, então há uma chance razoável de que ninguém tenha acertado o trio e podemos representá-lo muito bem estando na big blind.

Somente cartas altas

Um outro flop especial é quando aparece no board somente cartas altas, por exemplo AKT ou QJ9. Nestes cassos precisa-se de uma mão melhor do que nos outros casos para continuar em jogo.

A razão por isso é que a maioria dos jogadores normalmente jogam com cartas altas, e então é bastante provável que alguém tenha acertado alguma coisa.

Normalmente para ganhar o showdows quando tem um flop com cartas altas, precisa-se de pelo menos top pair com um bom kicker.

Draws fracos como par médio ou o par menor podem ser descartados, pois o risco de melhorar a mão e ainda sim perder é muito alto. Pois três cartas altas sempre estarão coordenadas, e têm uma chance relativamente alta de estar jogando contra uma seqüência.

Resumo

Suitedness, connectedness e high cards são os três principais critérios para avaliar a textura do flop. Em cima disso, o board também pode trazer um par alto ou baixo. Quantas mãos iniciais conectam-se com esse board? Quão perigoso é o board para uma mão feita? Existe uma boa chance de que meu adversário tenha acertado algo nesse board? Essas são algumas questões que você tem que se fazer. Isso não vem naturalmente, mas deve ser aprendido à moda antiga: prática, treinos, artigos e avaliação de mãos.

 

Comentários (2)

#1 spiov, 03.08.11 01:41

excelente artigo!

#2 JosyAA, 13.07.12 13:05

Muito bom.<br /> <br /> Melhorei muito minha avaliação do flop com esse artigo