Sucesso a longo prazo no Poker Online com estratégias vencedoras – inscreve-te já grátis!

As melhores estratégias Com a estratégia correta, o poker torna-se numa brincadeira. Os nossos autores mostram passo a passo como funciona.

As cabeças mais espertas Aprende em conjunto com os mais bem sucedidos jogadores de poker nos treinos ao vivo e no fórum.

Dinheiro de Poker Grátis A PokerStrategy.com é completamente gratuita. Para além disso espera-te dinheiro de poker grátis.

Já és membro da PokerStrategy.com? Faz o login aqui

EstratégiaFixed Limit

Como Jogar Draws no Flop?

A força de um draw


A força de uma drawing hand depende principalmente do número de outs descontados ou modificados. O desconto realista de outs é um requerimento básico para encontrar o modo ideal de jogo. Se não estás familiarizado com estes termos, dá uma vista de olhos no artigo "Odds & Outs".

Para aferir a qualidade da tua mão, tens de considerar os seguintes factores:

Aparência do board

As cartas do board dão-te informações importantes sobre a força de um draw. Tens de verificar, especialmente, que outras drawing hands ou mãos feitas com outs, como um trio com outs para um full house, são possíveis e, mais do que isso, qual a sua interacção com os teus próprios outs.

Por exemplo, se tiveres uma OESD (Open Ended Straight Draw) e for possível um flush draw, então dois dos teus outs já não são relevantes visto que completam um flush.

Ou se tiveres uma OESD num 3-suited flop, aí terás de descontar fortemente e até assumir que estás drawing dead se te deparares com muita acção, visto que um adversário já pode ter completado um flush.

As reverse implied odds também desempenham o seu papel neste contexto, por exemplo no caso de termos completado o nosso draw na turn mas um adversário ter uma boa chance de fazer redraw para uma mão superior no river. Quanto mais forte for o draw adversário e mais alta a possibilidade de ele ter a melhor mão nas streets seguintes, piores serão as nossas reverse implied odds visto que a probabilidade da nossa mão ser a melhor no showdown afunda-se mesmo nós tendo completado o nosso draw.

Definição: As reverse implied odds descrevem a probabilidade de perdermos com a actual melhor mão para um redraw adversário que se torna na melhor mão numa street posterior, e contra a qual temos pouca ou nenhuma hipótese de recuperação.


Número e tipo de adversários

O número de adversários e os seus estilos de jogo, sejam tight, loose, agressivos ou passivos, determinam em grande parte o nosso comportamento. Acções agressivas resultam bem contra jogadores tight visto que eles foldam, mas são inúteis contra calling stations ou contra três ou mais adversários visto que a possibilidade de todos foldarem ser muito pequena.


A tua posição

Como veremos, a acção correcta é influenciada pela nossa posição relativa à oposição. Por exemplo, em posição é possível ganhar uma carta grátis na turn com jogo agressivo.


Acção da oposição

As acções dos nossos adversários não só nos dão pistas quanto à força das suas mãos, como também nos dizem quantos outs estão limpos e que tipo de implied odds podemos esperar. As implied odds são melhores contra um trio do que contra um top pair, mas o perigo de um redraw adversário para um full house é maior, mesmo que completemos, por exemplo, o flush.


Resumo:

As questões base que deves colocar quando jogas uma drawing hand são:

Quais são as minhas cartas?

Quais são as cartas do board?

Quem são os meus adversários?

Qual é a minha posição?

O que fizeram os meus adversários até agora?



Jogar um draw: activo ou passivo?

Há duas maneiras base de jogar um draw:

1. Jogo agressivo, tenta fazer com que os adversários foldem ou extrair o valor máximo de um draw forte e a sua vantagem de equity.

2. No jogo passivo, o jogador só se torna activo depois de concretizar o draw.

Escolher uma estratégia depende de vários factores, incluindo os acima mencionados. Frequentemente o resultado é uma mistura dos dois estilos.


Jogo agressivo

Jogo agressivo é recomendado sempre que vês a hipótese do adversário foldar uma mão melhor. Quanto mais provável isto for e mais forte o teu draw, ou seja, quanto mais alta a tua fold equity e mais alta a equity da tua mão, tanto mais agressivamente deves jogar. Não te esqueças de tomar atenção ao racio entre o tamanho da tua aposta e o tamanho do pot. Quanto mais pequeno o pot, mais frequente será a necessidade dos teus oponentes foldarem para tornar o teu semibluff lucrativo.

Para um tratamento detalhado deste tópico vê o artigo "Semibluff" que fala da fold equity e das fórmulas para a calcular.


Jogo passivo

Um draw deve ser jogado passivamente sempre que:
- o board não permita um bluff oposto
- a nossa fold equity seja muito baixa
- consigamos melhores implied odds com jogo passivo
- a nossa equity seja baixa e não queiramos investir muito no pot


Notas sobre fold equity

Aqui estão os factores mais importantes para relacionar a fold equity com o tópico em causa.


Factores que diminuem a fold equity

• Muitos adversários
• Jogar contra um alucinado com uma alta WTS
• Jogar contra uma calling station com uma alta WTS
• Um rock está a jogar agressivamente
• A acção pré-flop indica que um ou mais adversários têm uma mão forte (par de mão, AK, ...), i.e. houve uma aposta máxima e há um ás no flop
• Um ou mais adversários estão a jogar agressivamente, i.e. apostar/3-betting no flop indica ou um draw forte ou um trio/dois pares.


Factores que aumentam a fold equity

• Jogar apenas contra um ou dois adversários
• Ambos os adversários apenas chamaram a BB, e.g. a SB só completa
• Subimos pré-flop e temos a iniciativa
• O board é intimidante (muitas highcards, muitos possíveis draws)
• Estamos a jogar contra um adversário com baixa WTS
• O nosso adversário subiu em posição final de tal forma que mãos mais fracas pertençam ao seu leque de subida (guerra das blinds)



Jogar em situações diferentes

Jogo em Heads-Up

Em HU deves primeiro fazer as seguintes perguntas:
• Tenho uma mão válida para o showdown?
• Considerando o leque do meu adversário, consigo fazer com que uma mão melhor folde?

Agressivo

Jogo agressivo de um draw é bom quando

1. tens muitos outs e não precisas de fold equity

2. o board é muito intimidante e o teu adversário provavelmente não fez nada

Na maioria dos casos, tanto o 1 como o 2 são aplicáveis em parte, por isso será suficiente para um semi-bluff se o tiveres uma enormidade de outs ou o board não for assim tão intimidante.


Exemplos de jogo agressivo

Pré-flop: Herói é a BB com A, 5
PM2 sobe, 4 folds, Herói chama

Flop: K , 8 , 2 (2 jogadores)

Herói tem um draw para o nut flush com uma overcard, mas tem de ser descontado devido à acção pré-flop. Ele tem de lidar com 11 outs descontados.

A sua mão não tem nenhum valor real de showdown visto que o agressor pré-flop da PM2 terá frequentemente uma boa mão.
Com 11 outs a equity ronda 40%.

Como o board apresenta uma carta assustadora, o rei, e a oposição terá provavelmente de foldar muitos ases melhores e até alguns pares de mão, deve ser escolhido o estilo de jogo com a melhor fold equity, check/raise no Flop + aposta na Turn . O adversário foldará vezes suficientes para tornar esta jogada +EV.

Resumo: neste board jogamos um flushdraw agressivamente contra qualquer adversário.


Pré-flop: Herói é a BB com Q , J
2 folds, CO sobe, 2 folds, Herói chama

Flop: 9 , T , 2 (2 jogadores)

O board neste exemplo não é muito assustador, mas a mão do Herói com duas overcards e uma OESD tem equity suficiente para justificar um jogo agressivo. Um adversário normal nesta situação foldará frequentemente muitas mãos melhores como ases, rei como carta alta ou pequenos pares de mão, havendo fold equity suficiente para jogar agressivamente.


Pré-flop: Herói é a BB com Q , T
3 folds, BU sobe, 1 fold, Herói chama

Flop: K, 9, 2 (2 jogadores)

Visto o nosso adversário ter sido o primeiro a subir, tipicamente terá um leque mais alargado. Por esta razão, a nossa gutshot deve ser jogada agressivamente visto que teremos fold equity suficiente contra praticamente qualquer adversário neste board.


Passivo

Poucas vezes será lucrativo jogar um draw passivamente em HU, visto que raramente terás as necessárias pot odds para o draw. Contudo há excepções, por exemplo, se já tiveres uma mão feita com algum valor de showdown, i.e. a tua mão já tem uma chance percentual não negligenciável de ganhar no showdown.

É uma reviravolta cruel que na maior parte destas situações tenhas pouca ou nenhuma fold equity visto que o teu adversário terá ou uma mão muito forte ou um alto valor de WTS.


Exemplos de jogo passivo

Estatísticas

BB (50,30,4.3,47)

Pré-flop: Herói é o CO com K , Q
2 folds, Herói sobe, 2 folds, BB chama

Flop: J , T , 2 (2 jogadores)
BB aposta

A BB é um jogador muito agressivo. Fazemos uma call normal no flop e tentaríamos um semi-bluff na turn contra um adversário normal. Contra este tipo, contudo, chamar faz mais sentido visto que, de outra maneira, seremos confrontados com uma 3ª aposta na turn que teremos de chamar, e dificilmente uma mão melhor foldará.



Jogo 3handed

As razões e situações nas quais devemos jogar um draw agressivamente são:

• Podes isolar o agressor pré-flop. Isto só faz sentido se o agressor tiver overcards e possa ser levado a foldá-las.

• Podes subir para dar valor porque a tua equity dá para um pot maior. Precisas de muitos outs e normalmente só é possível no flop.

• Não tens um draw puro mas antes e.g. um par intermédio e um flush draw, estás possivelmente à frente e queres subir para protegeres a tua mão.

As razões e situações nas quais devemos jogar um draw passivamente contra dois adversários são:

• Consegues mais valor se acertares no draw e fores pago por mais adversários. Isto é, se a tua oposição considerar o teu draw improvável devido ao teu jogo passivo, fazendo com que as tuas implied odds subam.

• Com uma subida isolar-te-ias contra uma mão forte, como um par de mão alto.


Exemplos onde não é recomendado subir no flop

Party Poker 10/20 Hold'em (6 handed)

Pré-flop
: Herói é o Button com Q J .
UTG chama, 2 folds, Herói sobe, 1 fold, BB chama, UTG chama.

Flop: (6.50 SB) K Q T (3 jogadores)
BB aposta, UTG chama, Herói sobe, BB 3ª aposta, UTG folda, Herói sobe, BB chama.

Turn: (7.75 BB) 7 (2 jogadores)
BB aposta, Herói chama.

River: (9.75 BB) 6 (2 jogadores)
BB aposta, Herói chama.

Pot Final: 11.75 BB

Apesar de termos um draw forte, OESD sem FD, não devemos ser agressivos pois acabaremos frequentemente isolados contra uma mão forte e, adicionalmente, arriscamos uma 3ª aposta. Por tudo isto, é melhor só chamar no flop para tornar o draw barato e manter os “clientes“ na mão. Para além disso, há valor a retirar de jogadores “inteligentes“ visto que eles esperarão que joguemos um draw agressivamente nesta situação.


Jogando 4handed ou mais

Em pots com muitos jogadores vale muitas vezes a pena jogar o flop pelo valor implícito. Por exemplo, um jogador com o nut flush draw tem direito a à volta de 35% do pot e deve tentar manter na mão o máximo de adversários possível.

A acção pré-flop é particularmente interessante para a determinação do modo ideal de jogo. É possível, por exemplo, criar uma armadilha a jogadores entre nós e o agressor pré-flop de forma a conseguirmos dinheiro extra deles para o pot.

É claro que um draw num pot com muitos jogadores tem pouco ou nenhum valor para o showdown e a fold equity também é mínima. Por esta razão, se ainda não melhoraste na turn deves mudar para check/call ou, dependendo da posição, jogar Aposta/3ª Aposta ou Check/Raise para obter valor.

Draws fracos como gutshots devem ser normalmente jogados de forma passiva visto que uma subida por valor não faz sentido se não há qualquer fold equity. Por outro lado, terás frequentemente as pot odds necessárias para o draw.


Exemplo


Party Poker 10/20 Hold'em (6 handed)

Pré-flop: Herói está em PM com Q J

1 fold, Herói sobe, CO 3ª aposta, Button faz cap, SB chama, 1 fold, Herói chama, CO chama.

Flop: (17 SB) 4, J , K (4 jogadores)
SB checka, Herói ...

Contra 4 adversários há algumas razões para não apostar neste 4-draw directamente no flop. Se checkarmos no flop, podemos esperar para ver como a mão decorre e depois jogar check/call ou check/fold de acordo com a acção para manter tantos adversários na mão quanto possível com este draw forte.


Resumo

Como um draw deve ser jogado depende de muitos factores, particularmente do número e tipo de adversários, da aparência do board, posição relativa e força do draw. Deves conseguir estimar a tua fold equity e equity realisticamente para escolher o modo de jogo mais lucrativo numa situação específica.


 

Não estás a ver o artigo na totalidade...

Com a inscrição gratuita na PokerStrategy.com, receberás dinheiro de poker grátis para jogar poker e deste modo poder aceder a centenas de artigos de estratégia tais como estes - e claro vídeos de poker, sessões de treino ao vivo e fóruns de estratégia. Inscreve-te já gratuitamente e começa a jogar para poderes beneficiar das nossa ofertas.

Inscreve-te agora

Comentários (5)

#1 SauloFRoes, 15.09.08 21:01

Mais um exclente Artigo!! Thx

#2 pporsche, 22.01.11 13:49

#1
Obrigado pelo feedback.
Usa também o fórum para colocar questões.

Abraço,
Paulo "pporsche" Moreira

#3 raphaelrop, 01.03.11 01:59

Artigo dificil esse...

#4 pporsche, 21.03.11 22:29

Nem tudo no poker é fácil...
Ler e reler até entender ;)

#5 OlhaoPoker, 13.09.11 17:41

mto bom msm