Sucesso a longo prazo no Poker Online com estratégias vencedoras – inscreve-te já grátis!

As melhores estratégias Com a estratégia correta, o poker torna-se numa brincadeira. Os nossos autores mostram passo a passo como funciona.

As cabeças mais espertas Aprende em conjunto com os mais bem sucedidos jogadores de poker nos treinos ao vivo e no fórum.

Dinheiro de Poker Grátis A PokerStrategy.com é completamente gratuita. Para além disso espera-te dinheiro de poker grátis.

Já és membro da PokerStrategy.com? Faz o login aqui

EstratégiaFixed Limit

Os 8 tipos de jogador - Como conseguir o seu dinheiro

Introdução

Neste artigo abordar-se-á...
  • As diferenças entre os tipos de oponente
  • Os 8 tipos de jogador
  • Como derrotar e ganhar dinheiro com cada um deles

Quando jogam nos limites inferiores, não precisam de se preocupar em arranjar reads muito específicos de cada oponente individual na mesa, pois provavelmente nunca mais os encontrarão. O importante é saberem que tipo de jogador enfrentam e como devem ajustar o vosso jogo de maneira a contrariarem o seu estilo de jogo.

Como diferem os tipos de oponentes

Há duas questões básicas que devem fazer:

  • Ele joga muitas mãos, ou apenas algumas?
  • Ele joga de forma agressiva ou passiva?

Alguém que gosta de jogar muitas mãos é considerado "loose", enquanto que alguém que apenas joga mãos iniciais cuidadosamente escolhidas é considerado "tight".

Isto refere-se claramente ao estilo pré-flop de um jogador, mas também podem usar os mesmos termos para descrever o estilo de jogo pós-flop. Um termo, por exemplo, é "loose fit ou fold". Isto refere-se a jogadores que gostam de ver muitos flops, mas que fazem sempre fold quando não atingem nada. Isto não acontece muito frequentemente, fazendo com que seja fácil levá-los a desistir do pote.

A segunda questão refere-se ao modo como o jogador joga a sua mão. Se ele for agressivo, podem escolher uma estratégia que antecipe a agressividade do oponente. Isto pode ser algo tão simples como um check/raise (vocês fazem check sabendo que é provável que ele aposte e vos dê a hipotese de fazerem raise). É claro que esta linha apenas pode funcionar se o oponente de facto apostar!

Podem também tentar induzir um bluff: fingem fraqueza de modo a encorajar o oponente a fazer bluff. Mais uma vez, esta estratégia apenas funciona se o oponente apostar. Um jogador passivo não cairá nesta armadilha, pois o bluff é uma jogada agressiva.

A melhor maneira de jogarem contra um jogador passivo é fazerem apostas padrão por valor. Vocês têm uma boa mão e sabem que o vosso oponente não irá colocar mais dinheiro no pote de sua própria iniciativa, por isso dêem-lhe um empurrão.

Independentemente do tipo de jogador que defrontam, o truque reside em serem o oposto. Se ele for loose, sejam tight. Se ele for tight, sejam mais loose. Se ele gosta de fazer bluff, sejam passivos e deixem-os fazer isso. Se ele for passivo, tomem a iniciativa.

Um erro típico que muitos jogadores cometem, é pensar: Ele está a jogar todas as mãos que tem, por isso também posso fazer o mesmo. Aquilo que devem pensar é exactamente o oposto.

Rocks

Começa-se com um dos exemplos mais extremos de tipo de jogador: o rock.

Os rock são facilmente detectáveis, pois raramente eles jogam uma mão. Eles estão sentados durante horas e não fazem nada. E eles não estão à espera de boas mãos, mas sim das melhores mãos.

Se o rock começar a criar uma algazarra, podem ter a certeza de que ele tem cinco Áses (ou melhor...) :) e é garantido que ele vai vencer a mão.

É bastante fácil de ajustar o vosso jogo ao estilo do rock, apenas:

  • Ignorem-no e 
  • ataquem as suas blinds sempre que puderem.
  • Se ele fizer call ao vosso raise pré-flop, vocês podem quase sempre levar o pote com um contibet.
  • Saiam do caminho se ele começar a jogar a sério.

O rock pode ter lucro nos limites baixos apesar de o seu jogo ser fraco. Ele apenas precisa de uma coisa: um idiota. O lucro dos rocks é proveniente de jogadores que escolhem o momento errado para fazer bluff pensando, "Ele não tem jogado mãos, e agora está a fazer raise como um maníaco - tem que estar a fazer bluff". Não sejam o idiota que lhe dá lucro.

Nits

Um tipo de jogador bem menos extremo mas muito proeminente é o nit. Eles tentam jogar bom poker, mas não conseguem perceber o que significa jogo tight.

Os nits também adoram fazer fold. Eles aprenderam o suficiente sobre poker para acharem que sabem o que estão a fazer. Geralmente eles escolheram uma tabela de mãos iniciais algures e têm um modo de jogo pré-flop sólido e agressivo.

Eles encontram problemas depois do flop, situação na qual percebem que afinal não têm as coisas sob controlo e acabam por se arrepender de se terem envolvido na mão.

Aplica-se aqui o mesmo da situação do rock : Jogar agressivamente contra ele não só é bom para o vosso ego, como também é bom para o vosso bankroll. Os nits estão apenas à procura de uma razão para fazer fold, por isso dêem-lhes isso.

Os nits raramente fazem bluff, sendo os contibets a única excepção. Respeitem isto e não comecem a fazer call porque acham que o nit pode estar a fazer bluff. Se ele fizer raise,  fizer contibet no flop e apostar de novo no turn, é quase certo que ele tem a melhor mão.

Jogadores tight fracos

Apresenta-se agora o jogador tight fraco (rocks e nits são uma forma extrema deste tipo de jogador).

O maior problema de um jogador tight fraco é que ele não sabe como reagir a agressividade e geralmente está demasiado assustado para tomar a decisão correcta.

Vocês nem sempre vão notar, mas depois de mãos suficientes conseguirão detectar quem está a fazer fold demasiadas vezes quando confrontado com agressividade.

Ataquem as suas blinds, façam contibets e sejam (selectivamente) agressivos. Jogadores tight fracos não são os piores jogadores, mas vocês conseguem tirar lucro deles com relativa facilidade fazendo uso da dose certa de agressividade.

TAGs

O TAG é a abreviatura para "tight agressive", o que representa um problema particularmente grande, já que este é o vosso próprio estilo de jogo. O estilo TAG é o rei dos estilos - se o Bobby Fisher jogasse poker, ele seria um TAG. 

Não há muito a dizer sobre TAGs. Asssim que vocês dominarem a estratégia, têm é que se questionar em que aspecto o vosso jogo é fraco. O mesmo se aplica a um tal oponente.

Vocês podem ser agressivos, mas escolham altura cuidadosamente. Também podem tentar atacar as blinds do TAG, mas sejam cuidadosos aqui também.

Em geral, quando defrontam um TAG, podem dizer:

  • Ele não é o vosso oponente.
  • Concentrem-se no fish.
  • Se não há fishes na mesa, tentem a vossa sorte noutras águas.

Podem ganhar muita boa prática a jogar contra TAGs, especialmente os TAGs fracos que encontrarão nos limites baixos. Esta é uma boa forma de encontrar pontos fracos no vosso jogo e eliminar os leaks antes de chegarem aos limites altos, nos quais encontrarão muitos mais TAGs nas mesas. Contudo, no final de contas eles não são o vosso oponente ideal quando se trata de ganhar dinheiro.

Maníacos

Os maniacos são o oposto exacto de tudo o que foi discutido até agora. Os maníacos são os James Deans da mesa do poker: selvagens e impossíveis de domar. A diferença é que não tendem a ser tão arrojados como o James Dean real - eles são mais do tipo Rob Schneider...

Os maníacos são loose e extremamente agressivos. Um maníaco não vê o poker como um jogo de estratégia, mas sim como um jogo de coragem e masculinidade. E ele acha-se o maior.

É facil induzir maníacos em bluffs. Ele gostam de o fazer, por isso deixem-nos fazê-lo. Fazer slowplay não vos leva muito longe nos limites baixos, mas podem abrir uma excepção para os maníacos.

Quando enfrentarem um maníaco, devem:

  • jogar tight
  • induzir bluffs
  • evitar fazer bluff

Esperem por uma boa mão e façam o papel da menina inocente na floresta, que não tem medo do lobo mau. Não o deixem leva-los para confrontos sem sentido. Os vossos amigos podem chamar-vos de Capitão Fantástico, mas o poker trata-se de um jogo em que se tem lucro tomando a decisão correcta na altura certa, e não um jogo em que se é o Capitão na mesa. Podem contrariar um maníaco, tornando-se num também.

No que toca ao vosso oponente, vocês são apenas um nickname e um avatar. Não podem provar grande coisa ao adversário, por mais que tentem... Estejam calmos e sigam a vossa estratégia para ganharem o máximo de dinheiro possível dele.

Tal como os outros tipos mais extremos de jogador, os maníacos têm o dom de colocar os outros jogadores em tilt. Se vocês se derem conta que não só querem o dinheiro do oponente, como também o querem impressionar, o melhor que têm a fazer é procurar outra mesa com jogadores normais. Essas mesas ainda podem ser mais lucrativas.

LAGs

O LAG é uma abreviatura para "loose aggressive". Os LAGs jogam muitas mãos e jogam-nas de forma agressiva. Eles são uma espécie de maniacos com uma certa dose de auto-controlo.

Os estilo do LAG foi proveitoso durante um certo tempo em limites altos, mas a sua altura já passou e agora o estilo TAG é aquele que tem a vantagem. No que toca aos limites baixos: não há LAGs. Há maníacos (e quase maníacos), assim como muitos jogadores que imitam o estilo LAG sem realmente saberem o que estão a fazer (especialmente na Full Tilt).

Um bom LAG tem o seu lucro depois do flop. É aqui que ele toma a decisão certa em situações marginais de maneira a tirar o máximo de proveito das suas mãos. É a sua selecção de mãos loose que o põe nessas situações marginais durante e depois do flop. Os seus oponentes geralmente substimam-no pensando que ele é um maníaco, mas ele sabe o que está a fazer.

Não há muito mais a dizer neste artigo, pois não há mais LAGs para se encontrar nos limites baixos. Se vierem um oponente que de certa maneira se encaixa neste perfil, podem ajustar o vosso jogo ao tornarem a vossa selecção de mãos mais tight, induzindo bluffs e evitando controntos em situações marginais..

Calling stations

Os calling stations têm vindo a morrer nos últimos anos. Alguns do jogadores mais velhos lembram-se dos bons velhos tempos em que as mesas estavam cheias de jogadores que não sabiam para que é que servia o butão de fold. Actualmente eles já não são tão comuns, mas de vez em quando vocês ainda encontram alguns.

Os calling stations raramente fazem algo que não seja dar call. Eles estão aí para longo curso e raramente mostram agressividade, mesmo quando têm mãos (muito) boas.

Eles nem precisam de uma razão para o call. Se eles fazem call ao vosso raise antes do flop, mesmo que eles estejam a segurar um nove e um seis, olhando para um três, um oito e um valete no flop.

Não percam o vosso tempo tentando perceber o método por detrás da sua loucura.  É isto que devem fazer:

  • Nunca façam bluff contra um calling station. Não exagerem com os vossos semi-bluffs.
  • Se tiverem uma mão, apostem.
  • Não tentem induzir um bluff, pois calling stations raramente o farão.
  • Façam apostas para valor pequenas. Isto significa que podem apostar com uma mão feita média, pois um calling station está predisposto a encontrar uma razão para fazer call com uma mão ainda pior.
  • Joguem draws de forma passiva; os calling stations dar-vos-ão cartas grátis.
  • Lembrem-se, se um calling station mostrar agressividade, é provável que tenha um monster.

É claro que há excepções à regra. De vez em quando os calling stations fazem bluff, quando não completam os seus draws no river. Mesmo assim, em geral joguem para valor. Quando tiverem uma mão decente, tentem tirar o máximo proveito dela.

É um poker bastante fácil, desde que não entrem em tilt. Isso pode acontecer quando um calling station tem um bom jogo. São eles que costumam fazer o suckout e conseguir a inversão com aquela carta impossível no river. Se vocês souberem que isso pode ser suficiente para vos dar cabos dos nervos, o melhor é procurarem outra mesa.

Donkeys

O Donkey é um termo geral para jogadores fracos que se destacam por fazer jogadas sem sentido.

Um donkey típico, nos limites baixos, gosta de ver o flop e não faz ideia porque é que vocês quereriam fazer raise antes do flop... afinal de contas, vocês não sabem aquilo que vai acontecer.

Ele adora fazer bluff pensando, "Ele não tem nada", e está disposto a fazer call com ainda menos.

Ele gosta de jogar os seus draws de forma passiva e depois de fazer bluff quando não completa no river. Ele aposta e faz raises sem qualquer razão. Ele faz bluff quando devia saber que está batido, e faz calls sem nada para o apoiar. No que toca ao vosso bankroll ele é um grande jogador.

Os donkeys tendem a ser demasiado loose e demasiado passivos. Eles adoram fazer slowplay quando têm uma mão, e estão dispostos a apostar tudo quando têm aquela vontade de fazer bluff... Tendem também a sofrer de mudanças de humor grandes e podem passar de calling stations para maníacos, dependendo se estão a ganhar ou a perder. Tomem atenção a estas coisas. A maioria dos donkeys mudam o seu estilo de jogo várias vezes durante a sessão de jogo.

Os donkeys têm um talento: o tilt. O problema é que eles não vão ao tilt sozinhos, mas levam outros com eles devido ao seu estilo de jogo irracional. Os donkeys gostam de jogar gutshots, e algumas vezes atingem no river. Nem toda a gente sabe lidar com esse tipo de suckout.

Se vocês tiverem um donk na vossa mesa, limitem-se ao vosso standard poker. Mantenham-no sob observação. Como é que ele joga os seus monsters? Quando é que ele faz fold? Nem todos os donkeys são iguais, mas todos são facilmente detectáveis e oferecem-vos várias oportunidades para atacar.

Assim que o tiverem em vista, podem começar a levar o seu dinheiro bocadinho a bocadinho, assumindo que ele não atinge o gutshot três vezes seguidas no river. Se ele tiver essa sorte, mantenham-se calmos e evitem ficar tilt. Se acharem que estão prestes a perder a cabeça, procurem outra mesa.

Conclusão

Vocês não fazem dinheiro no poker porque têm uma melhor mão do que o oponente de vez em quando. Toda a gente tem boas mãos. Se vocês quiserem ter lucro, têm de jogar as vossas boas mãos de maneira melhor do que os oponentes jogam as deles. Isto também se aplica às vossas mãos fracas.

Não faz sentido confrontarem os melhores quando ainda estão a construir o vosso bankroll nos limites baixos. Procurem calling stations, nits e oponentes tight fracos e, se tiverem nervos de aço, procurem por maníacos.

Encontrarão suficientes bons oponentes nos limites médios. Os limites baixos estão cheios de idiotas; escolhe-los e tirar o seu dinheiro é o segredo para vocês subirem na cadeia alimentar.

A coisa mais importante para vocês quando começam a jogar poker é aumentar o vosso bankroll. Isto é feito escolhendo os vossos oponentes cuidadosamente. Agora sabem o que procurar, por isso vão atrás deles!

 

Comentários (9)

#1 phgmor, 14.08.09 21:59

gostei do artigo....cada vez que leio um artigo aqui eu vejo que não sei nada de poker ainda..muito bom ...agora oq eu sou eu não sei, a maioria das vezes é donk mesmo!!

#2 tucano666, 08.04.10 23:46

É, concordo que olhando pra trás, tô mais pra donkey do que pra qualquer outra coisa... =)

#3 ramon749, 05.01.11 05:23

Ainda estou mais para o estilo Nit infelizmente... mas estou estudando e melhorando meu estilo cada vez mais para poder chegar ao estilo TAGs

#4 azirafalo, 17.01.11 13:39

acho que eu estou mais para LAG

#5 pporsche, 22.01.11 12:35

#All<br /> <br /> Todos os estilos têm vantagens e desvantagens, mas regra geral tight is right, e para quem ainda não tem um bom jogo pós-flop é a regra a seguir.<br /> <br /> Obrigado a todos pelo feedback.<br /> Usem também o fórum.<br /> <br /> Abraço,<br /> Paulo "pporsche" Moreira

#6 MarianaBezerra, 18.07.11 04:31

Tenho a opinião de que o que mais importa não é seu estilo e sim qual estilo vence na mesa contra determinados oponentes. Eu acho que não se deva ter um estilo completamente definido (ah eu tight, ah eu sou loose etc).<br /> <br /> Acho que o mais importante é: Qual maneira de jogar dá mais dinheiro a longo prazo que é o que importa?<br /> <br /> Se jogar tight em uma mesa x contra oponentes x é a mais lucrativa das opções, serei tight.<br /> <br /> Se jogar loose em uma mesa x contra oponentes x é a mais lucrativa das opções, serei loose.<br /> <br /> Obviamente, nano e small stakes tight is right.<br /> <br /> Bjos S2<br /> <br /> Mariana

#7 OlhaoPoker, 18.08.11 16:08

bom artigo já me vou situando cada vez mais no meu jogo e naquilo que são os meus adversários.

#8 GILMARDELAJUSTINA, 19.12.11 06:24

bom artigo, to mais pra tigt fraco mais com muito estudo, dedicação e paciencia serei um bom tag!!!!

#9 linconlgomes, 24.05.16 14:30

Ótimo artigo tirou algumas dúvidas que eu vinha me deparando ao longo dos estudos.