E se os maiores países fossem os mais populosos?