Há alguns anos atrás participando de um seminário sobre educação e ensino, durante uma das palestras a colocação de uma professora primaria me trouxe a mente uma situação fundamental, quando ela foi questionada sobre o porque gostava de ensinar crianças tão pequenas, ela parou e olhando a platéia disse, “eu creio que ensinar alguém a ler e como ensinar alguém a enxergar o mundo a sua volta, depois que alguém aprende a ler tudo que olha tem algo que pode ser lido mesmo que não se queira”.
Romantismo à parte tal colocação nos remete a todo tipo de aprendizagem, e no poker tanto não poderia ser diferente, eu jogo poker a mais ou menos 15 anos, já ganhei dinheiro, e perdi dinheiro, mas nos últimos meses tenho percebido uma coisa que me leva aquela educadora de anos atrás, quando se aprende muita teoria sobre algo se começa a enxergar coisas que nosso cérebro não buscou enxergar, você que esta em uma mesa sem ter noção alguma de estratégia já deve se ter perguntado milhares de vezes, “nossa onde eu tava com a cabeça que não vi que ele tinha um Flush”, ou pior “porque não fui a all in eu tinha tudo nas mãos dava pra ver as cartas dos outros era só observar”.
Questões como qual decisão tomar não podem se basear apenas na experiência que temos dos fatos, o poker e entre todos os jogos de sorte veja bem de sorte, pois azar e falta de cuidado e técnica, que mais se parece com nossa vida cotidiana, quantas vezes não tomamos decisões que parecem acertadas, mas que acabam em perdas, e são com certeza decisões tomadas sem se estudar os fatos, mudar de um emprego para outro pode ser tão desastroso com ir a all in em uma mesa sem perceber como são nossos adversários e suas cartas, ou estudar como e nossa mesa de jogo.
Não perdemos tempo analisando a estratégia de grandes mestres, pois garanto que estes fizeram o mesmo, a experiência que guardamos durante os anos nada mais e do que o espelho de nossos mestres e antecessores, claro que podemos sempre perceber que acaba se tornando um espelho com uma imagem sempre um pouco maior.
Quem me ensinou os primeiros passos no jogo de poker após conseguir jogar comigo sem ter de dar novas explicações me disse, “Eduardo você aprendeu a jogar agora tenha um segredo em mente se ganha no poker tendo, paciência, paciência e sorte”, por estes dias encontrei essa pessoa e tive a oportunidade de lhe devolver o segredo, mas um pouco melhor, “Jogar poker e ter paciência, paciência, Técnica e um pouco de sorte”.
Técnica e uma coisa que vem do conhecimento e do estudo e não só da experiência, somos experientes em jogar futebol, mas se formos pra dentro de um campo com mais 10 profissionais ficaremos como uma barata tonta de lá pra cá e garanto que pouco encostaremos na bola, observe que alem das dicas dadas aos jogadores todo bom técnico anda com seu notebook embaixo do braço.
Leia pesquise refaça os passos de bons jogadores, o site esta recheado de bons textos, vencer um jogo e uma coisa gratificante, mas vencer um jogo com uma boa banca um gordo jackpot e melhor ainda.

Eduardo gião