Concurso: Artigos Platina+

    • Bakano
      Bakano
      Black
      Inscrição: 01-21-2006 Posts: 14.161
      Para dar a oportunidade aos nossos membros de Platina e superior de ganhar algum dinheiro enquanto partilham os seus conhecimentos com a comunidade, decidimos fazer esta promoção no decorrer das próximas duas semanas.

      1. Para poderem participar precisamo no mínimo do estatuto Platina (pelo menos no dia em que postam o vosso artigo).
      2. Escrevam um artigo.
      3. Ponham o artigo neste tópico até ao dia 20 de abril 2008 às 24 horas hora local
      4. Depois da promoção vamos juntar todos os artigos postados
      5. Cada artigo será publicado com uma votação
      6. Os membros terão depois 5 dias para ler e dar uma nota aos artigos
      7. Depois da votação estar encerrada, a nota do artigo determinará o seu valor

      A estrutura de pagamento será a seguinte:


      Isto significa:

      Se o artigo atingir uma nota média de 4.5 o autor ganhará $400. Se um artigo atingir uma média entre 3.0 e 3.9 o autor ganhará $200. Para uma média entre 2.0 e 2.9 o autor receberá $100.

      Regras:

      1. O pagamento dos prémios será efectuado o mais tardar 21 dias depois do fim da promoção.
      2. O dinheiro será transferido para a vossa conta TAF da PokerStrategy e daqui poderão vocês decidir em que sala querem receber o dinheiro.
      3. Todos os membros autorizados a participar podem concorrer com apenas UM artigo.
      4. Precisam do estatuto Platina ou superior no momento em que publicam o artigo no fórum. Portanto se ainda não tiverem este estatuto, ainda vão a tempo de o atingir antes do prazo final do torneio.
      5. Só os artigos postados neste tópico e antes do final do dia 20 de abril 2008são tomados em consideração.
      6. O artigo terá de conter no mínimo 1.000 palavras!
      7. Reservamo-nos o direito de desqualificar artigos que não preenchem os requesitos de participação.


      Que artigos podem participar:

      Regra dourada: O artigo tem que ter algo a ver com poker, e de preferência com a PokerStrategy e/ou teoria. Mas podem também escrever sobre o vosso diário de poker e a importância da gestão de banca, ou qualquer outros aspectos que os membros possam vir a achar interessantes ou úteis.
  • 16 respostas
    • spawllo
      spawllo
      Bronze
      Inscrição: 10-18-2007 Posts: 124
      Como anda seu Poker Ego?
      por Paulo André Posteral

      Por trás de fazer amor e cantar no chuveiro, não existem muitas atividades que os humanos possam ser tão diferentes entre si. Dentre estas atividade existe o Poker.

      Muitos jogadores pensam que tem uma habilidade especial para o jogo, são talentosos de natureza, mas na verdade... não são.

      Poker é um jogo complexo por ser de fato, tão simples. Você ganha algumas cartas, você ganha mais algumas cartas, você aposta, você corre, você ganha, você perde. E tudo continuamente.

      Repetidamente. As noções básicas do poker requerem apenas ensinos básicos escolares. Crianças no ensino fundamental jogam poker. Minha vó joga poker. E por trás de toda sua simplicidade, cada minuto de jogo tem uma ampla consequência, em que decisões erradas tornam-se em resultados horríveis. Várias decisão, várias oportunidades de estratégias, inúmeros caminhos a seguir.

      Suponhamos uma gota de água. Não tem efeito sobre nada. Mas milhões de gotas de águas poderá causar imensas inundações, erosões, catástrofes. Esse é o Poker. São milhares de decisões acumuladas que por si só não são significantes, mas se agrupadas, poderão fazer toda diferença. Poker é um jogo tão complexo, que nunca e ninguém, será, um mestre do poker...

      Muitas pessoas dizem que poker é um jogo de azar, um jogo que precisa de sorte para se vencer. Mas afinal, o que seria sorte? Em que aspectos eu teria "sorte"?

      Tiramos um exemplo fora do Poker. A boa sorte em sua vida é obtida muitas vezes devido a resultados de um bom planejamento, ou em algum esporte, ou em seu serviço, devido a um árduo trabalho. Você corre atrás e busca sua própria sorte. Dessa forma também funciona no Poker, mas este, é diferente de qualquer outro esporte, de qualquer serviço.

      Simplificando, no Poker, quanto mais sortudo você for, pior você joga!

      Todos apreciamos a sorte no poker, e todo mundo gostaria de guarda-la em uma caixinha para usar dela todos os dias. Mas em muitos casos, a sorte é a principal inimiga de bons jogadores.

      Vamos analisar um mau jogador. Metade de seus potes ganhos, será obtido através do fator "sorte". O mau jogador busca essa "sorte", está sempre buscando seu milagroso Flush independente dos pot odds. Vem com seu par buscar seu milagroso kicker no river, fazendo dois pares contra um top pair. Vem atrás de sequências inacreditáveis de se fazer. O mau jogador depende disso, e está sempre buscando por isso, e é justamente por isso, que ele tem
      mais "sorte" que o bom jogador.

      Analisando os bons jogadores. Claro que existe algum fator "sorte" para eles, como completar um flush no river, mas sempre estarão atentos aos odds, construindo um pote que lhe de equidade para ele continuar jogando. Os bons jogadores sempre utilizam de uma ação matemática correta. Sempre maximizam os lucros, e minimalizam as despesas.

      Não existe sorte um AA vencer um J9. Mas existiria sim sorte, se um flop viesse AJ9. Situação completamente diferente de ir busca-la, e muito mais lucrativa a longo prazo para seus cofres.

      Portanto, cuidado se você estiver obtendo muita "sorte" ultimamente. Já se você estiver obtendo muita má "sorte", pelo menos você terá o prazer de dizer, eu jogo bem! Você não quer buscar a sorte pra si, você quer que seus adversários a dê de presente pra você de bandeja, assim como no exemplo acima.

      Dentre sortudos, e não sortudos, maus jogadores e bons jogadores, torno a repetir, não existe um mestre da arte de jogar poker. Não existem especialistas, existem jogadores vencedores, que sabem fazer a melhor decisão no momento certo.

      Pense você em toda sua carreira de jogador, quantos adversários lhe fizeram um "bluff"? As chances de você saber realmente quando estão lhe fazendo um "bluff" é zero. Ninguém será tão bom que saberá de todos "bluffs" contra si. Até mesmos os maiores jogadores cometem erros o tempo todo, por justamente, existirem tantos caminhos para se seguir, e por estarem confrontados outras mentes também pensantes.

      Mas grande parte desses bons jogadores sabem disto. Sabe que não são perfeitos. Mas sabem que pode melhorar sua compreensão do poker, entendendo que por trás de todas suas decisões, sempre terá um fundo sem poço de informações por trás de seus adversários, algo que possa te surpreender.(a não ser somente se você tiver jogado contra todos oponentos
      existentes no mundo).

      Por outro lado, os maus jogadores são aqueles que pensam que já sabem de tudo. O saber-de-tudo é um dos pontos mais fraco que um jogador pode ter. Dentre esses jogadores, citam-se aqueles que simplesmente pensam que jogam muito melhor do que eles realmente jogam, e que não aceitam a verdade que eles necessitam aprender algo mais. São os jogadores que o EGO domina suas habilidades, e são arrogantes demais para aceitar isso. Afinal, eles já sabem-de-tudo.

      Bons jogadores tem confiança e convicção. Maus jogadores tem arrogância e imposição.

      O Poker Online é um território cheio desses jogadores super talentosos, que já sabem-de-tudo. Alguns desses maus jogadores estão apenas jogando para tentar se divertir, mas a grande maioria, os sabem-de-tudo, aqueles que acham que jogam melhor do que realmente jogam - e que pensam que não deve gastar nenhum segundo a não ser jogar, jogar. Esses vão ser seus patrocinadores na sua gestão de banca...

      Você tem que trabalhar duro.

      Você deve pegar cada gota de habilidade e conhecimento para construir sua própria evolução em cada pequena oportunidade surgida. Você tem que criar sua própria evolução. Não esperar sentando que tudo entre em vosso cérebro, sem ter se esforçado. Ser um jogador perfeito é impossível, e ninguém sequer esta perto desse nível. Há muito o que se fazer.

      Quando você começar a pensar que não se têm nada mais a aprender, é hora de você tem saber que tem-se de tudo para aprender. E nunca esqueça, desejo real e esforço, é seu sonho realizado. Porque por trás disso, sempre terá algum adversário disposto multiplicar seus dólares.

      Quer ser uma Poker-Pro? Busque seu sonho. Trace suas metas, corra atrás de seus objetivos. Estude a si mesmo e estude a arte de jogar Poker.
    • Bakano
      Bakano
      Black
      Inscrição: 01-21-2006 Posts: 14.161
      6. O artigo terá de conter no mínimo 1.000 palavras!


      :P :P :P
    • tiagosilva
      tiagosilva
      Bronze
      Inscrição: 05-10-2007 Posts: 3.688
      Original de Bakano
      6. O artigo terá de conter no mínimo 1.000 palavras!


      :P :P :P
      o dele tem 561
    • spawllo
      spawllo
      Bronze
      Inscrição: 10-18-2007 Posts: 124
      mudarei. pode?
    • Bakano
      Bakano
      Black
      Inscrição: 01-21-2006 Posts: 14.161
      claro que sim!

      podes ou editar o teu post ou se quiseres eu apago o antigo.
    • bloked
      bloked
      Bronze
      Inscrição: 04-07-2007 Posts: 2.587
      eu posso participar?
    • Bakano
      Bakano
      Black
      Inscrição: 01-21-2006 Posts: 14.161
      Original de bloked
      eu posso participar?
      se conseguires 3.000 SP's nas 4 semanas antes de postares o artigo, podes participar, sim.
    • spawllo
      spawllo
      Bronze
      Inscrição: 10-18-2007 Posts: 124
      atualizei
    • gangrel30
      gangrel30
      Bronze
      Inscrição: 04-08-2008 Posts: 64
      Gostei !

      Assim ao menos posso ler os artigos que não estejam nos basicos.
      hehe
    • ATs973
      ATs973
      Bronze
      Inscrição: 05-09-2007 Posts: 2.995
      Alguns critérios para ser o primeiro a ingressar numa mão num torneio MTT.

      Neste artigo temos a intenção de traçar alguns parâmetros para entrar em jogo em torneios MTT.

      1 – Sempre jogue de forma inversa ao seu montante e ao montante dos blinds: Com isso quero dizer que deve sempre ser mais agressivo quando estiver com uma relação de blinds abaixo do aceitável. Digamos que a partir de 30 big blinds você esteja numa zona confortável. Para maiores esclarecimentos pode consultar este artigo:
      Agressividade seletiva e Fator M em MTT


      2 – Sempre que tiver chance prefira ficar ITM: com certeza a vontade de todo jogador de MTT é acertar uma boa posição e ela nunca está antes da mesa final. Sempre jogue agressivamente suas mãos boas, mas procure não deixar escapar a possibilidade de ficar ITM. Isso afetará muito sei ROI(retorno de investimento). Uma sugestão seria: sempre que tiver muita ficha tire proveito da bolha; sempre que estiver com pilha mediana espere a bolha; sendo short aproveite sempre uma boa oportunidade de roubar blinds e fazer pressão sobre jogadores mais fracos que você(nesse caso volte ao link acima para usar como estratégia estando short(com M<10)).

      3 – Aqui vai o conselho mais importante do artigo: nunca seja o primeiro caller em uma mão em um torneio de no limit. Quando sua mão não possui força suficiente para um raise, jogue-a fora. Como motivo principais podemos dizer que dando apenas call você vai estar oferecendo mais odds , preço barato e POSIÇÃO para um adversário entrar na mão. Agora vamos falar detalhadamente sobre cada um desses pontos:

      3.1- Ao entrar apenas com call em uma mão você acaba aumentando a pilha de dinheiro morto na mesa, aumentando assim os odds dos jogadores que entrarão no pot mais tarde. A conta é simples: se tinha 1,5 big blind(bb) no pot, a partir do seu call passa a ter 2,5bb tornando mais atrativo a presença de mais jogadores. Posso dizer que o buton, pode dar call com quaisquer cartas tendo por exemplo 6 callers na sua frente e sendo sua atidude muito correta, pois ele tem odss(nesse exemplo) de 7,5:1. Esse é o tipo de mão que não queremos nos envolver pois somos um dos primeiros a agir e só ocorreu essa reação em cadeia pelo seu primeiro call.

      3.2 – Se tivermos certeza que em determinada mão que o preço para se ver o flop seria apenas de uma big blind em muitos casos deveríamos entrar de call no pot. Podemos dizer que com conectores, Axs, pares abaixo de 7 sem posição (essas são mão que podem desenvolver no pós flop) seria interessante vermos um flop barato para tentar acertar algo grande e lucrar muito com isso. Dessa forma, quando entramos de call desencorajamos alguns raises em posição mais tardia (raise apenas por posição) mas criamos pots com número de participantes elevado. E como já sabemos quanto mais participantes menor nossa equity(parte do pot que nos cabe, ou ainda, probabilidade que temos em ser vencedores na mão). Então porque não entrar de limp com uma mão mediana? Porque após jogarmos podemos ter aumento de algum jogador e podemos acabar não tendo mais essa possibilidade de ver flop a um preço baixo. Se fizermos algumas vezes isso poderemos acabar diminuindo nossa pilha de fichas de forma muito rápida e nos encontrarmos em apuros num momento ainda muito cedo no torneio.

      3.3 – Todos dizem que a coisa mais importante que se tem no poker, principalmente na modalidade no limit é a posição. Já li que Daniel Negreanu comparou algo ruim como sempre ter TT no UTG. Vejam só...ele acha ruim TT de UTG( que irônico). Mas concordo com ele pois já vi jogadores simplesmente foldarem essa mão nessa posição num nível avançado de torneio e com stack em torno de 15BB( concordo mas não consigo foldar ....). Se você colocar dois jogadores com a mesma experiência na mesma mão com as mesmas cartas, o que estiver em melhor posição sempre vai estar em vantagem. Todo profissional diz que prefere posição as cartas.
      Baseado nisso qual a importância em dar raise quando ser o primeiro a entrar na mão??? Impedir que algum jogador entre na mão após termos entrado(com exceção dos blinds). Ou seja, quero, com um raise, que a minha posição seja a última a se manifestar(melhor) na mão. Claro que não podemos prever que isso sempre vá acontecer, por que não vai, mas reduzimos drasticamente o número de vezes que passamos a jogar fora de posição. Então, além de fazer pressão sobre os blinds, também fazemos pressão nos jogadores a falar depois de nós a entrar na mão.

      Resumindo: a importância de não sermos o primeiro call a entrar em uma mão é para não propiciarmos a entrada de um número grande de jogadores, tentarmos ficar com a melhor posição no pós flop e ao final de tudo aumentar nossa probabilidade(equity) de levar o pot.

      Como última dica gostaria de falar sobre o tamanho do raise. Lendo um artigo no Full Tilt de Cris Fergunson, chego a seguinte sugestão. De um raise inversamente proporcional a sua posição(não estou aqui questionando o range de mãos para abrir raise e sim o tamanho do mesmo). Ele sugere que nas primeira posições você de um raise entre 2 e 2,5bb, no meio da mesa entre 2,5 e 3,5bb e no final da mesa entre 3 e 4 vezes o bb. O motivo mais claro seria que quanto mais tarde dermos o raise, mais os blinds terão a impressão que queremos roubar as fichas mortas do pot e acabam sendo encorajados de nos encaram com um range de mãos maiores. Dando um raise maior estaremos aplicando um fator matemático para compensar um fator psicológico. Já nas primeiras posições, corremos o risco que nos depararmos com um monstro pela frente, então porque dispender 4BB se podemos gastar apenas 2BB. Saiba que esse “miniraise leva praticamente o mesmo número de blinds que um raise de 3 ou 4BB. Agora nunca esqueça que o tamanho do seu raise nunca deve fugir a seu padrão costumeiro. Se você tem como padrão abrir raise com 2,5 a 3BB sempre, não de miniraise no BTN com AA pois um jogador bom vai achar estranho e pior ainda 4BB UTG.
    • Telmofnl
      Telmofnl
      Bronze
      Inscrição: 05-29-2007 Posts: 200
      Poker e as suas Probabilidades

      Este artigo tem como objectivo realçar a importâncias das probabilidades no mundo do poker. Alguns conceitos são bastante básicos, mas a compreensão deles é indispensável para o sucesso no poker.

      Na sua forma mais simples, as probabilidades são estimativas da probabilidade de que um facto aconteça. Como qualquer jogador ou alguém que prognostica as probabilidades de apostas dirá a que, o truque para ter sucesso não é o que aposta, senão o valor que obtém ao apostá-lo.

      Por exemplo: Se joga uma moeda, existem dois possíveis resultados. A moeda pode cair em cara ou coroa e existe 50% de possibilidades de que saia cada uma. Isto nunca muda. Não importa quantas vezes saia cara seguidamente, no próximo lançamento ainda existe 50% de possibilidades de que saia coroa.

      Portanto, as probabilidades reais são 1 para 1, por cada $1 que aposte, ganhará $1.

      Agora, se alguém dissesse, “Jogarei estes $0,25 e darei $2 por cada $1”isso significaria que as probabilidades estão a seu favor. Estão a pagar mais se ganhar que as probabilidades reais de ganhar. Isso não significa que ganhará esta jogada, mas com o tempo as probabilidades estão a seu favor. Assim é exactamente como os casinos ganham dinheiro, têm uma vantagem geral e ganharão no final mais dinheiro do que perdem.


      No poker as coisas não são assim tão simples, pois existe muito mais variável e maior dificuldade em calcular o seu valor exacto para que possamos efectuar os cálculos.

      Um simples exemplo: Tem um par de 4. Houve um aumento e três calls, um deles da SB agora é a sua vez, na BB. Não acha que os seus 4 ganharão categoricamente, principalmente contra tantos adversários, mas pode aparecer um 4 no flop (set) e jogar para o set value, que nos daria uma mão muito provavelmente vencedora. Sabe que a possibilidade de obter um terceiro 4 no flop é de por volta de 8 para 1. Portanto já deveria haver mais de 8 apostas no pote para que igualemos. Como temos 2 da SB, 1 da BB, (que somos nós) 2 do aumento e 4 do call, temos um total de 9 para 1 que temos de pagar, ou seja, 8:1, logo o call nesta situação é o mais correcto. Mesmo que só houve-se dois calls o nosso call seria correcto mas por outras razões.

      A forma mais simples de calcular as probabilidades do pote é saber de antemão as probabilidades gerais. Uma vez calculadas as probabilidades de conseguir uma mão pode se movimentar segundo as probabilidades do pote para determinar a próxima jogada.

      Ao aprender as questões básicas e continuar desenvolvendo o seu jogo incrementará em grande medida o seu lucro a longo prazo. A chave reside em não nublar a mente, aplicar os princípios que aprenda com o tempo. Desenvolver um jogo de poker completo e variado leva tempo e paciência mas no final as recompensas compensam bem o risco. Para começar, olhemos novamente a definição. As probabilidades do pote são simplesmente a quantia de dinheiro em qualquer pote colocada em relação com a quantia que deve igualar para continuar a jogar a mão.

      A modo mais fácil de explicar as probabilidades do pote é pensar nisso como apostar em um cavalo. Quando aposta em um cavalo está tendo probabilidades baseado na sua possibilidade de ganhar. Se um cavalo está 5 a 1, receberá $5 por cada $1 que aposte. Para calcular as probabilidades do pote em poker, valor do pote a dividir pela quantia que deve pôr para igualar.

      Por exemplo: O pote contém $5. Um jogador apostou $1. Para se manter na mão você deve igualar a aposta de $1. Para determinar as probabilidades do pote divida 5 por 1 e obtém 5. As probabilidades do pote neste exemplo são de 5 para 1.

      Tenha em conta, quando calcula as probabilidades actuais do pote, que o dinheiro que pôs no pote em rodadas anteriores de apostas não conta. Uma vez que a dinheiro está no pote, já não é seu. Você somente deduz a quantia que custará para igualar a aposta actual.

      Apesar das probabilidades serem muito importantes para o poker, são raramente uma razão para igualar, pois existem sempre outros factores a ter em conta. Uma excepção é quando uma aposta é uma percentagem pequena do pote.

      Além do exemplo anterior, as probabilidades do pote são com mais frequência parte de uma equação maior. Para utilizar correctamente as probabilidades do pote deve compará-las a as probabilidades estimadas de ganhar a mão.

      Como no exemplo anterior do cavalo (o cavalo tem 5 para 1 de possibilidades de ganhar), se acha que a cavalo tem uma possibilidade de 2 para 1 ou 3 para 1 de ganhar você apostaria porque o pagamento é maior que a possibilidade de que o cavalo ganhe.

      Aplicar as probabilidades do pote no poker pode ser similar a apostar nos cavalos. Na maioria dos casos com o poker pode determinar exactamente as probabilidades de ganhar calculando as probabilidades reais. Isto é diferente nas apostas em cavalos, onde você simplesmente supõe quais deveriam ser as probabilidades reais.

      Por exemplo: estamos no turn com sequência aberta e no pote estão $20 e temos de pagar $2 para ver o river. Para calcular as probabilidades reais para ganhar primeiro deve determinar que cartas o converterão em ganhador. Se precisa completar a sequência aberta para ganhar, precisa de uma das 8 cartas restantes que darão uma sequência. Temos 8 oportunidades. Depois, calcule a possibilidade de obter a carta que precisa. Se tem 8 oportunidades no river, temos 17% de possibilidades de obter a carta que precisamos para fazer a sequência, ou por volta de 6 para 1. Uma vez que haja determinado a possibilidade de ganhar o pote, deve compará-la com as probabilidades do pote para decidir se iguala ou não.

      No nosso exemplo, calculamos as probabilidades do pote em 10 para 1. Agora podemos ver que convém igualar, dado que as probabilidades de ganhar a mão são de 6 para 1.

      Existe outro facto muito importante a ter em conta, se tem um projecto tal como uma sequência ou flush e sabe que uma mão vai ter sucesso, poderá obter mais dinheiro no pote, igualando ainda se as probabilidades actuais do pote não dão garantia de sucesso. Ainda que as probabilidades do pote não lhe indicam que iguale agora, ao calcular os factores do dinheiro que pode ganhar em apostas futuras, as probabilidades do pote mudarão.

      Em suma, as probabilidades no poker são uma matéria básica, mas indispensável para ter sucesso neste jogo fascinante, que é o poker.
    • duarteriezas
      duarteriezas
      Bronze
      Inscrição: 11-02-2007 Posts: 1.192
      dava para retirar o texto agora e que vi que nao tem 1000 palavras eu ja coloco um com 1000 palavras se der para retirar
    • tiagosilva
      tiagosilva
      Bronze
      Inscrição: 05-10-2007 Posts: 3.688
      Original de duarteriezas
      dava para retirar o texto agora e que vi que nao tem 1000 palavras eu ja coloco um com 1000 palavras se der para retirar
      3. Ponham o artigo neste tópico até ao dia 20 de abril 2008 às 24 horas hora local

      sorry ja acabou o prazo!

      topico fechado
    • tiagosilva
      tiagosilva
      Bronze
      Inscrição: 05-10-2007 Posts: 3.688
      aberto...
    • tiagosilva
      tiagosilva
      Bronze
      Inscrição: 05-10-2007 Posts: 3.688
      Original de duarteriezas
      dava para retirar o texto agora e que vi que nao tem 1000 palavras eu ja coloco um com 1000 palavras se der para retirar
      poe o novo artigo k eu retiro o antigo k puseste!
    • duarteriezas
      duarteriezas
      Bronze
      Inscrição: 11-02-2007 Posts: 1.192
      Playing with odds not against the odds

      O Poker ao contrário da roleta, do blackjack etc... é um jogo em que podemos de facto jogar com probabilidades favoráveis, se respeitarmos todos os factores que lhe estão inerentes. Perante a perspectiva de um profissional surge como fonte de rendimento não de satisfação “gamling” a qual se poderá mostrar atraente aos olhos do vulgar ser, atraído por formas de ganhar dinheiro rápido e de arriscar o seu próprio dinheiro algo sagrado para a maioria das pessoas e que aparece vulgarizado em qualquer jogo de casino.Um jogador que quiser de facto ser um jogador ganhador não poderá encarar o Poker como actividade “gamling”, o qual sente a necessidade de contrariar as “odds” para obter lucro rápido, é a isso que se resume a actividade “gamler” que poderá ser muito atraente aos olhos de quem não conhece as probabilidades, é devido a essa necessidade de “gamling” que vemos tantos “fish´s” nas nossas mesas pois eles não conhecem as “odds”, certamente quem já jogou “live” ouviu alguns a gabarem-se por terem acertado aquele “out” na ultima carta, contra todas as probabilidades, algumas das frases mais comuns deles são por exemplo, paguei caro para ver aquela carta mereci ganhar ou faltava uma carta para a sequência tinha de pagar, se desisto de um par de ases mais vale não jogar, ou se quero ganhar tenho de arriscar oiço estas frases cada vez que jogo, Pois é precisamente o contrário um jogador que tem como objectivo ser bem sucedido no Poker tem de minimizar o risco para ser bem sucedido.
      Também já todos ouvimos jogadores que conhecem os factores que influenciam o jogo e tentam fazer o seu melhor queixando-se de uma “bad beat” por causa de alguém que jogou 72o ou que pagou um quantia ridícula por um “gutshot”, que surge milagrosamente também de certo que todos nos já praguejamos e ouvimos praguejar sobre as actuações destes “fish´s” abençoados sejam pois são eles que fazem de um bom jogador um jogador ganhador, mas porque jogam os “fish´s” como “fish´s”, muitos apenas por ignorância porque têm uma visão distorcida sobre a realidade do jogo, outros apenas porque gostam de divertir jogando Poker tal como se divertem a jogar blackjack para satisfazer a sua necessidade” gamling”.Tal como os “fish´s” também um bom jogador de “Poker” pode ser seduzido por esta actividade “gamling”, muitas vezes fazemos jogadas incorrectas mesmo sabendo que as estamos a fazer, de certo que a maioria de nos já fizemos um “call” mesmo sabendo que não o deveríamos fazer, jogamos uma mão que não deveríamos jogar não por ignorância mas para alimentar a hormona “gamlig” que pode representar perigo para um jogador que quer obter lucro com o Poker e se tornar um “pro”.
      Existem relatos de “prós” que perderam fortunas jogando blackjack e outros jogos em que estão até jogando contra as “odds” ou ate Poker já vimos profissionais jogando sem ver as suas cartas por exemplo lembro-me de ver o Sammy Farha no High Stakes Poker fazendo um “all in” sem olhar para as suas cartas. O jogador de Poker mais de que o ser comum está a ser constantemente atraído pelo fascínio do “gamling” quer por palavras como,” jackpot” ,“100.000” ou “$$$$$$”... O que pode representar um grande perigo para o seu sucesso no Poker. Para se tornar imune precisa necessariamente de um grande autodomínio e de uma postura correcta perante o Poker, não encarado uma sessão de Poker com o objectivo de ganhar “x$$$” mas sim de tomar o máximo de decisões correctas pois essa é a única coisa que pode controlar a curto prazo, no entanto no longo prazo essa acumulação de decisões correctas fará dele um jogador ganhador. Encarando a sua inserção no Poker como um percurso em que o importante é o longo prazo como tal sem grandes pressas para encurtar o seu destino.
      Ao contrário de outros jogos de casino chamados os jogos de sorte o jogador de Poker tem controlo sobre o seu próprio destino por isso não te preocupes se esta semana estas “down” ou até este mês porque no longo prazo se estás a praticar um bom jogo isso não tem influencia e lembra-te respeita as “odds” pois elas têm uma importância vital na criação de vencedores.
      O percurso de um jogador de Poker pode ser influenciado por vários factores relacionados com o estilo de vida da pessoa e as suas características tais como a sua ambição, a paciência que é um atributo fundamental no Poker, ansiedade etc. … Por experiencia própria o cansaço reflecte-se na mesa de Poker, por isso evite as mesas quando joga cansado, a ambição desmedida pode levar a cometer vários erros fatais para a sua banca e em poucas horas pode jogar fora o trabalho de semanas por isso siga o seu caminho com calma e não queira ganhar o WSOP dois meses depois de começar a jogar, não se deixe iludir pelas quantias ganhas assim com não se vá abaixo pelas perdidas. Não deixe de ter prazer com o Poker, não o jogue por obrigação com o objectivo de fonte de rendimento diário, vai ver que 2 horas a jogar de cabeça fresca podem ser bem mais rentáveis do que 8 cansado. Não se prenda apenas a uma variante a informação sobre Poker é ilimitada e pode sempre aprender a jogar novas variantes o que vai continuar a espicaça-lo e a desafiar. Se uma sessão não está a correr bem e estão a acontecer “bad beats” sucessivas abandone o jogo quando se sentir afectado pelos resultados não continue a jogar com o objectivo de ficar “break even” isso pode-lhe ficar muito caro. Estude o seu jogo e não só a forma como os livros dizem que deve jogar, só compreendendo o porque de uma jogada estar correcta e outra não conseguirá tomar a decisão correcta. Procure ter um temperamento indiferente aos resultados que estão a obter só assim conseguirão ter a capacidade de tomar decisões de forma fria e calculista independentemente dos resultados.


      Boa sorte nas mesas e procurem sempre tomar a decisão correcta, vemo-nos na final table do WSOP.