Este site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar navegando no site, você aceita esses cookies. Para mais detalhes e para alterar suas configurações, confira nossas Política de Cookies e Política de Privacidade. Fechar

Como é um coach?

    • mrxavierr123
      mrxavierr123
      Básico
      Inscrição: 01-26-2018 Posts: 70
      Nunca fiz coach, e me bateu a curiosidade de saber como é feito uma sessão. O jogador faz uma vídeo chamada normal com o coache e eles conversão sobre oque precisa ser melhorado, ou é só por chat, ou o jogador faz um stream de uma session no twitch e o coache vai analisando?
  • 10 respostas
    • bookai
      bookai
      Bronze
      Inscrição: 02-12-2012 Posts: 3.877
      Eu só tive uma vez uma sessão e não tenho muita experiência mas creio que por norma as sessões são privadas podendo ser em formato de análise de stats, live play ou hand review - Creio que a forma mais eficaz de o fazer é ao vivo, portanto em vídeo chamada.
    • gigaPT
      gigaPT
      Bronze
      Inscrição: 01-11-2009 Posts: 400
      normalmente podes ecolher, ou envias a tua database, ou envias um video contigo a jogar ou então o mais normal é ao vivo pelo skype ou assim.
    • CALLIBAN
      CALLIBAN
      Bronze
      Inscrição: 09-27-2007 Posts: 4.179
      Pensa num professor particular, numa tema qualquer - não precisa de ser poker. Todos são diferentes. O método depende do professor e é o método que decidirá se ele é bom professor ou não. Nem todos os bons jogadores são bons professores.
      Agora, mesmo dependendo do professor, há sempre coisas em comum: claro que ele vai ter de te ver a jogar e isso geralmente é feito analisando as mãos/torneio enviadas por ti. Vendo-te jogar directo não é muito prático nem eficaz pois além de consumir muito tempo não dá para discutir as coisas decentemente. A excepção é quando te pedem que graves um vídeo.

      E já agora, também depende do que tu queres: há pessoas que são mais visuais e por isso preferem vídeos para estudar, outros preferem artigos para ler...Há professores que disponibilizam as duas versões, outros só uma.
    • Isaacbarr
      Isaacbarr
      Bronze
      Inscrição: 03-25-2011 Posts: 2
      :f_drink:
    • Orochimaro
      Orochimaro
      Moderador
      Moderador
      Inscrição: 05-09-2008 Posts: 11.816
      Original de CALLIBAN
      Pensa num professor particular, numa tema qualquer - não precisa de ser poker. Todos são diferentes. O método depende do professor e é o método que decidirá se ele é bom professor ou não. Nem todos os bons jogadores são bons professores.
      Agora, mesmo dependendo do professor, há sempre coisas em comum: claro que ele vai ter de te ver a jogar e isso geralmente é feito analisando as mãos/torneio enviadas por ti. Vendo-te jogar directo não é muito prático nem eficaz pois além de consumir muito tempo não dá para discutir as coisas decentemente. A excepção é quando te pedem que graves um vídeo.

      E já agora, também depende do que tu queres: há pessoas que são mais visuais e por isso preferem vídeos para estudar, outros preferem artigos para ler...Há professores que disponibilizam as duas versões, outros só uma.
      Bom resumo.

      Um coach seria seu guia, corrigindo seu jogo para ser lucrativo (ou ainda mais lucrativo do que está sendo) e evoluir consideravelmente seu nível de jogo.
    • mrxavierr123
      mrxavierr123
      Básico
      Inscrição: 01-26-2018 Posts: 70
      É realmente pagar um coach pra ver uma stream inteira de uma sessão sua sairia bem caro.
      Então quer dizer que em um coach você só envia suas stats e mãos para o coache analisar e depois te orientar? Os grupos de estudo já não servem pra isso?
      E aproveitando a deixa, onde foram parar os artigos no nosso colega tainhainha? Vi que eles não estão mais no blog dele.
    • CALLIBAN
      CALLIBAN
      Bronze
      Inscrição: 09-27-2007 Posts: 4.179
      Original de mrxavierr123
      É realmente pagar um coach pra ver uma stream inteira de uma sessão sua sairia bem caro.
      Então quer dizer que em um coach você só envia suas stats e mãos para o coache analisar e depois te orientar? Os grupos de estudo já não servem pra isso?
      E aproveitando a deixa, onde foram parar os artigos no nosso colega tainhainha? Vi que eles não estão mais no blog dele.
      É verdade que sairia caro pois geralmente paga-se à hora, mas nem era só por sair caro. É que era mesmo pouco produtivo. Repara: às vezes estamos meia hora a discutir uma simples mão no forum. Imagina numa sessão de várias mesas onde poderão aparecer vários spots interessantes. Ias estar sob pressão do jogo real e nem irias assimilar os ensinamentos do professor. O estudo do poker tem mesmo de ser offline. E mais: há conceitos que achamos chatos e que poderemos achar que não servirão de muito (estudo de ranges, combos, calcular o ev de um fold vs o ev de um call, etc) mas a verdade é que esses conceitos ficam "instalados" no subconsciente e depois na hora de jogar são utilizados de forma mais rápida e às vezes quase inconscientemente. O Jared Tendler fala disto quando se refere ao nosso A-game, b-game, c-game.
      Um exemplo muito simples do que estou a tentar dizer: quando temos algum calo (experiência, estudo e dedicação), mesmo que estejamos (erradamente) a jogar cansados e/ou chateados com alguma coisa e por isso não estejamos a jogar o nosso A-game, MESMO ASSIM saberemos que aquele call em x spot é standard. Na primeira semana que começámos a jogar, ainda teríamos de estar a fazer cálculos com aquele flush draw para saber se damos call ou não, mas agora MESMO EM BAIXO DE FORMA há coisas que se tornaram fáceis. Ou seja, o nosso B-game e C-game melhoraram. Os nossos mínimos são mais altos e o que contribui muito para isso foi o nosso estudo offline.

      O grupos de estudo são uma mais valia, claro, mas a não ser que o grupo seja constituído por campeões regulares, não há como comparar com um coach que sabe o que fazer na altura certa. Um bom professor pode estar a dizer-te como jogar decentemente e depois ele fazer merda no jogo dele. lol. Pode acontecer. Eu não duvido que haja jogadores que, devido a algum acontecimento na sua vida pessoal possam estar emocionalmente frágeis e por isso não aptos para uma boa performance nas mesas. Contudo, poderão na mesma ser excelentes professores pois a vertente ensino não exige lidar tanto com as emoções (tilt...)

      Outra coisa que é interessante em coachings NÃO particulares, tipo pertenceres a uma equipa como eu pertenci até há pouco tempo é o seguinte: tu gravas um vídeo de ti a jogar e envias para o prof. Depois, ele revê o teu vídeo mas em frente aos outros alunos tb (via teamViewer, por exemplo) e todos discutem. É bastante produtivo! No fundo o que está a acontecer neste caso é um 2 em 1:é um grupo de estudo a discutir mãos mas com um líder - o professor - a ajudar e a direccionar as coisas para a evolução no sentido certo.

      Já que escrevi tanto vou dar-te um conselho pessoal, já que pareces interessado nisto:
      Tenho um grande amigo que teve coaching como Alex Fitzgerald ("assassinato"). Umas das coisas que ele fazia era aconselhar os alunos a filmarem-se durante a sessão. Não só as mesas mas também a si próprios. Segundo ele (e meu amigo confirma) aprende-se muito com a nossa própria postura. Entenderes que spots te deixam mais agitado e preocupado pode dar-te luzes sobre o que estudar&melhorar no teu jogo.

      Espero ter ajudado.
      Abraço.
    • DiinhoLoco
      DiinhoLoco
      Bronze
      Inscrição: 03-19-2018 Posts: 5
      Depende você encontra em duas formas presencial e ead.
    • vivicvrRNMD
      vivicvrRNMD
      Bronze
      Inscrição: 01-04-2009 Posts: 37
      Acredito que se for presencial primeiro te observa jogar para identificar seus problemas e depois vai apontando para corrigir os erros.
    • ThiagoTirex
      ThiagoTirex
      Básico
      Inscrição: 05-29-2018 Posts: 2
      e sempre assim joga analisa joga mais um pouco analisa e joga mais um pouco analisa e no final de uma mesa depois de no minimo 3 horas de analise q se inicia a conversa por melhoras pontos positivos e pontos negativos